Volta rápida Volvo XC90 D5 - Um diesel que anda sozinho

Modelo mais seguro já produzido pela Volvo, o XC90 chega ao Brasil na aguardada versão diesel. Além da bem-vinda opção mecânica, uma preferência entre os consumidores de utilitários grandes, o SUV também se destaca pelo recurso de condução semi-autônoma, uma primazia no segmento por aqui.

O XC90 D5 chega importado da Suécia em duas configurações: Momentum e Inscription, com preços de R$ 369.950 e R$ 419.950, respectivamente. São as mesmas opções do modelo a gasolina, assim como a lista de equipamentos, que permanece igual.

Vale citar itens importantes como head-up display, teto solar panorâmico, assistente de estacionamento (vagas paralelas e perpendiculares), monitor de pressão dos pneus, painel de instrumentos de 12,3", bancos traseiros com aquecimento, faróis full LED autodirecionais com nivelamento automático e funções antiofuscante (AHB) e três modos de condução (Comfort, Eco, Dynamic e Off Road).

 

Volvo XC90 diesel

 

Principal novidade desta versão, o motor 2.0 diesel entrega 235 cavalos de potência e 48,9 kgfm de torque, entre 1.750 e 2.250 rpm. Está associado ao câmbio automático Geartronic de oito velocidades. De acordo com a marca, o XC90 a óleo acelera de 0 a 100 km/h em 7,8 segundos e tem velocidade máxima de 230 km/h.

Apesar de já não ser mais novidade, também merece destaque a grande central multimídia de 9" sensível ao toque no formato de tablet. Como o XC90 tem poucos botões no painel, a maioria das funções se concentra nesta tela: navegação, ar-condicionado digital com quatr...