Primeiras Impressões - Ferrari Portofino deixa a Califórnia para trás

– Puglia, Italy

Pegar o bastão da Ferrari mais vendida de todos os tempos poderia facilmente intimidar. Mas não é isso que acontece com a nova Ferrari Portofino. Com estilo elegante, mas decisivo e distintamente diferente, ela se afasta de sua antecessora Califórnia. Até mesmo o novo nome sugere que esta é uma perspectiva diferente para a Califórnia, conhecida por ser a Ferrari "suave".

Lembre-se: a Portofino mantém o teto rígido dobrável que caracterizou a Califórnia, e ela continua a ser a maneira mais barata de ter uma Ferrari. Custa 196.000 euros na Europa, o que não é nada barato, mas estamos falando do roadster de capota rígida mais potente do mundo.

Ferrari Portofino
Ferrari Portofino

O que é?

14 segundos. Este é o tempo que a Portofino demora para se transformar de um cupê esportivo e proporcional em um charmoso e invocado spider. E esta mudança pode ser feita a até 48 km/h. Sua bela silhueta foi esculpida pelo Ferrari Design Centre que, graças a intuição e talento de Flavio Manzoni, fez a Portofino com um refinado e mais intenso design que a antecessora. 

Entre os muito mais agressivos faróis em "L" com iluminação full-LED - que agora possuem entradas de ar até as caixas de rodas para melhorar a aerodinâmica - e a traseira que lembra a Ferrari 488, é dramaticamente mais bela que a Ferrari Califórnia. 

Ferrari Portofino
Ferrari Portofino

A revolução continua por dentro, onde quatro telas dominam o ambiente. Duas de TFT estão no painel de instrumentos (ladeando o conta-giros analógico), sendo ajustáveis por botões instalados atrás ...