O Jeep Cherokee é outro exemplo de canibalização por conta da concorrência interna. Ele é muito próximo do Compass, com a desvantagem de ser importado e muito mais caro, enquanto seu rival é feito em Pernambuco. Mede 4,62 m, com entre-eixos de 2,70 m, enquanto o Compass mede 4,41 m e 2,63 m, respectivamente. Mas o Cherokee custa R$ 169.990 na versão Longitude, enquanto o Compass é vendido por R$ 127.990 também na Longitude. Seu diferencial é o motor 3.2 V6 Pentastar a gasolina, de 271 cv e 32,2 kgfm. O que pode ter pesado contra é o design bem diferente do restante da gama Jeep. Talvez ganhe nova vida com a chegada da versão reestilizada, que resolveria este problema.