Chamando a atenção com seu design, o cupê foi um fracasso não só no Brasil como também na Europa. Apesar da cara de esportivo, era equipado com o mesmo motor 1.6 THP de 165 cv usado em outros carros da empresa, como o 308, só que custando muito mais. No Brasil, ele chegou em 2011 por R$ 139.900. Seu fim ocorreu em 2015, quando a Peugeot encerrou sua produção global.