Primeiras impressões: Novo VW Jetta 250 TSI, a versão de R$ 100 mil

Lançado em setembro, o novo Jetta trouxe diversas evoluções nesta virada de geração, mas trouxe junto um considerável aumento de preços. Com a tabela começando nos R$ 109.900, pode ter assustado os compradores de sedã médio que olham as versões de entrada de Honda Civic, Toyota Corolla e Chevrolet Cruze, todas abaixo dos R$ 100.000. 

Desde o começo, a Volkswagen sabia disso. No início de dezembro, a marca então lançou a versão 250 TSI do Jetta, opção de entrada que custa R$ 99.990 e tem como opcional apenas as cores metálicas por R$ 1.480. Vem ao encontro do Honda Civic Sport CVT (R$ 98.900), Toyota Corolla GLi (R$ 90.990) e Chevrolet Cruze LT (R$ 96.790). 

O que é?

Apesar de ser a versão de acesso, o Jetta 250 TSI mantém a mesma base mecânica das versões Comfortline e R-Line. Isso inclui o motor 1.4 TSI (turbo e injeção direta flex) de 150 cv e 25,5 kgfm de torque a 1.400 rpm ligado ao câmbio automático de seis marchas, freio a disco nas quatro rodas e o mesmo acerto de suspensão e direção das demais versões. Isso é bom pois, ao lado do Cruze (153 cv e 24,5 kgfm) são os únicos do segmento com motorização turbo em todas as versões. 

VW Jetta 250 TSI
Volkswagen Jetta 250 TSI 2019

Por fora, o que mais chama a atenção são as rodas, já que as de 16" substituem as de 17". Até a ausência dos faróis de neblina passa despercebida, uma vez que os faróis e lanternas mantêm...