Pode parecer um puro exercício de estilo, mas ele é melhor que o Cayenne tradicional

As estradas do sul da Áustria são estreitas. Atravessando belas cidades bávaras ou passagens montanhosas na fronteira com a Eslovênia, estas vias são apenas suficientes para a passagem de dois hatchbacks com segurança. Então, quando a Porsche nos chamou para testar um novo cupê na cidade de Graz, pensamos: "Perfeito, com as estradas estreitas e cheias de curvas, será o cenário ideal para falar sobre algum novo modelo de duas portas". 

Mas "coupe" é um termo cheio de interpretações no mercado atual. E o veículo em questão - o Porsche Cayenne Coupe 2020 - não é exatamente um cupê. É essencialmente uma nova variante para o Cayenne, mas que traz mais estilo, mais elementos esportivos e, por assim dizer, algumas características vindas do 911. 

Onde o BMW X6 e o Mercedes-Benz GLC Coupe são "OK", o Cayenne Coupe é impressionante. É uma alternativa aos concorrentes e traz muitas qualidades do já muito bom Cayenne normal. Preste muita atenção e verá pequenas mudanças na dianteira, particularmente na parte mais baixa do para-choque. 

Mesmo com as similaridades, cerca de 30% dos componentes do Cayenne Coupe são totalmente novos. Capô, para-lamas dianteiros, folhas de portas dianteiras e faróis são as únicas peças vindas do Cayenne. O Coupe é 3,5 cm mais comprido e 1,8 cm mais largo, e traz na traseira o mesmo estilo encontrado nos Macan e Panamera. Há uma certa abundância de "shelving", ou ângulos criados no metal que se estendem para acentuar a curvatura do veículo. Mas mesmo com a queda acentuada do teto e menos espaço no interior, as mudanças de design não fazem a cabine parecer apertada. 

2020 Porsche Cayenne Coupe: First Drive
2020 Porsche Cayenne Coupe: First Drive
2020 Porsche Cayenne Coupe: First Drive
2020 Porsche Cayenne Coupe: First Drive
2020 Porsche Cayenne Coupe: First Drive

A Porsche rebaixou os bancos traseiros em mais de 2,5 cm, rendendo bom espaço para a cabeça deste escritor de mais de 1,80 m de altura. A área traseira é arejada com o teto-solar panorâmico de série e pode ficar ainda mais confortável com o opcional de bancos em couro Houndstooth em dois tons, além dos bancos esportivos (parte de um pacote chamado Lightweight Sport de US$ 11.570). Na dianteira, encontramos o mesmo sistema multimídia de 12,3" e duas telas de 7" no painel de instrumentos, como parte do Porsche Communication Management (PCM). 

Por fora, o pacote opcional adiciona as leves rodas de 22" "GT" (que eliminam 2 kg em comparação com o conjunto original), um teto em fibra de carbono substitui o de vidro e três - isso mesmo, três - spoilers estão na traseira dependendo como você configurar. Uma asa de duas peças está no topo da carroceria com o Lightweight Sport, que coloca ainda mais um detalhe em fibra de carbono. A 90 km/h, um atuador elétrico estende cerca de 13 cm o spoiler sobre o vidro traseiro como se dissesse "olha, sou um esportivo". Para deixar claro, amamos esse sistema do Cayenne Coupe e sua bela traseira. 

Mas tudo isso vai além de design. Este pacote, como diz o nome, tira cerca de 22 kg do Cayenne Coupe com os adicionais em fibra de carbono. E isso fica claro quando vamos para as estradas. 

2020 Porsche Cayenne Coupe: First Drive

Rodamos pelas estreitas e cheias de curvas estradas da Austria nas três versões do Cayenne Coupe: a de entrada, a intermediária S e a topo de linha, Turbo. Cada uma com seu conjunto próprio de características, mas todas essencialmente iguais aos demais Cayenne. 

Com o V6 3.0 turbo produzindo 340 cv e 45,9 kgfm de torque, o Cayenne Coupe de entrada é o mais manso da turma. Mas está longe de ser fraco, com a marca divulgando o 0 a 100 km/h em 5,9 segundos. Coloque no modo Sport ou Sport Plus e o Cayenne Coupe parece capaz e confiante. Uma direção responsiva e suspensão firme nos permite ir mais rápido. Acelere - a força é distribuída pelo câmbio automático de 8 marchas - e a única coisa que você sente na versão de entrada é um pouco menos de potência que as mais caras. 

A versão S é o destaque da turma graças a uma impressionante mistura de potência com agilidade. O V6 2.9 biturbo, produzindo 440 cv e 56,1 kgfm de torque, tem uma boa diferença para a de entrada, e chega aos 100 km/h em 4,9 segundos. Coloque no modo Sport ou Sport Plus e o S vai de um crossover para um esportivo. A direção é mais pesada e responsiva, a suspensão se enrijece e o motor responde mais agressivamente aos comandos do acelerador. 

Podemos viver sem o opcional de freios revestidos da Porsche, que reduz a sujeira em 90%, mas não é tão modulável em baixas velocidades e parece borrachudo em altas velocidades. Por US$ 3.490, não são bons upgrades em comparação com os freios de série. 

2020 Porsche Cayenne Coupe: First Drive
2020 Porsche Cayenne Coupe: First Drive

Mas se o comprador quer realmente algo espetacular, a versão Turbo tem tudo antes mencionado e mais. O Cayenne Coupe Turbo é o mais divertido dos três. Mesmo com mais de 2.260 kg, o Cayenne de 550 cv é uma opção totalmente capaz nas montanhas, parecendo mais um 911 bombado que um crossover (e isso é positivo). 

O V8 biturbo leva o esportivo aos 100 km/h em 3,9 segundos e a velocidade máxima de 280 km/h. Como a de entrada e a S, o Turbo usa o mesmo câmbio automático de 8 marchas. Por que não o PDK? Por causa do reboque. Eles podem rebocar quase 3.500 kg e o câmbio PDK é muito sensível pra isso. Mas isso só é possível com o sistema de tração integral. 

O Cayenne Turbo tem suspensão rígida e bem calibrada, além de uma direção elétrica sensível, o que dá a ele uma insana capacidade de fazer curvas. Jogue-o na curva e ele se mantém estável, e faz isso com muita velocidade. Tudo graças aos sistemas de suspensão, incluindo o controle dinâmico, o eixo traseiro com esterço como parte do Performance Pack (US$ 4.900) e o vetorizador de torque (US$ 1.500). Também há o sistema de freios em carbono e cerâmica (US$ 9.080) com para frenagens mais equilibradas e constantes. 

Galeria: Porsche Cayenne Coupe 2020

O Cayenne Coupe Turbo é um exercício de excessos - mais que seus companheiros de linha, aliás. É um pouco agressivo demais no modo Normal e com uma lista imensa de opcionais, fica bem mais caro que os demais Cayenne Coupe. O Cayenne Coupe Turbo começa em US$ 130.100. O testado por nós, com o Lightweight Sport, Performance e as opções de segurança e interior, custa US$ 173.000. 

Mesmo o Cayenne Coupe de entrada não é uma boa definição de "acessível". Com preço inicial de US$ 75.300, o Coupe é um bom passo acima do Cayenne normal, que começa em US$ 65.700. A versão S é mais cara e começa em US$ 88.600. E sua lista de opcionais é imensa. Items como as portas com fechamento automático (US$ 780), faróis de LEDs com acabamento escuro (US$ 850) e o pacote de segurança como o assistente de faixa (US$ 950) e o piloto automático adaptativo (US$ 2.000) aumentam ainda mais o preço. 

Mas até mesmo com o "modesto" aumento de US$ 10 mil em comparação com o Cayenne, o Cayenne Coupe pode atrair cliente que procuram um estilo diferente e mais esportividade. É bonito e menos estranho que seus concorrentes. Anda bem também, inclusive melhor do que o crossover do qual deriva. E pequenos detalhes, como uma bitola traseira maior e um desenho estiloso, e os opcionais como os bancos em Houndstooth e o teto em carbono, são razões suficientes para este ser o Coupe que você sempre quis. A chegada ao Brasil deve acontecer ainda neste ano.

Fotos: Porsche

Ficha Técnica - Porsche Cayenne Coupe Turbo

MOTOR dianteiro, longitudinal, 8 cilindros em V, 32 válvulas, 3.996 cm3, duplo comando variável em cada bancada, injeção direta, biturbo, gasolina
POTÊNCIA/TORQUE

550 cv de 5.750 a 6.000 rpm; 78,5 kgfm de 1.960 a 4.500 rpm

TRANSMISSÃO câmbio automático de 8 marchas, tração integral
SUSPENSÃO independente duplo A na dianteira e independente duplo A na traseira
RODAS E PNEUS liga-leve aro 21" com pneus 285/40 R21 (D) e 315/35 R21 (T)
FREIOS discos ventilados na dianteira e na traseira, com ABS e ESP
PESO 2.275 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.939 mm, largura 1.989 mm, altura 1.653 mm, entre-eixos 2.895 mm
CAPACIDADES porta-malas 598 litros, tanque 90 litros

Galeria: Porsche Cayenne Coupe 2020