Você precisa mesmo de um Yaris topo de linha? Mas o 1.3 também não é barato...

O comprador do Yaris não chega na concessionária para ver as versões mais caras. Ele vem atraído por esta, a XL 1.3 com câmbio CVT, tabelada a R$ 65.590 - a Toyota diz que a versão de entrada com transmissão manual responderá por apenas 5% das vendas. A 1.3 automática utiliza a mesma caixa CVT das demais, inclusive com a simulação de 7 marchas, mas o motor de menor cilindrada e a lista mais enxuta de equipamentos a deixam R$ 9 mil mais barata que a XS 1.5 CVT, intermediária da linha. 

Obs: Para este teste recebemos a versão XL Plus Tech, mas faremos considerações finais sobre cada uma delas, já que a única mudança, além do preço, é o pacote de itens de conforto. 

Leia também

Além do logotipo na tampa traseira, você (quase) não verá diferenças visuais entre o Yaris XL, seja básico ou Plus Tech, e o Yaris XS 1.5. De série, o 1.3 tem faróis de neblina, rodas de 15" com o mesmo desenho (toda na cor prata prata, enquanto a do 1.5 é preta e diamantada) e faróis de dupla parábola. As diferenças principais aparecem no interior, notadamente no painel de instrumentos. Ele troca a tela TFT de 4,2" por uma mais simples, que concentra as informações do computador de bordo. Os bancos são os mesmos, mas com acabamento em tecido - de boa qualidade - no lugar do couro. O acabamento em geral é o mesmo, com plástico rígido e brilhante em abundância, mas sem aparentar pobreza.

Toyota Yaris 1.3 XL Plus Tech (Teste BR)
Toyota Yaris 1.3 XL Plus Tech (Teste BR)

Na verdade, nem abrindo o capô você verá diferença entre as motorizações. Para mudar a cilindrada, a única alteração é interna, com curso dos pistões passando de 90,6 mm para 80,5 mm (o diâmetro é o mesmo, com 72,5 mm e taxa de compressão de 13:1). Então eles dividem todos os componentes, até mesmo a capa protetora. Para matar a dúvida, só olhando no documento do carro. A potência é reduzida de 105/110 cv, com 14,3/14,9 kgfm de torque, para 94/101 cv e 12,5/12,9 kgfm. Já a redução de peso chega a no máximo 25 kg em relação ao 1.5 XLS, versão de topo. 

Em comum com os demais, o Yaris de entrada mantém o foco no conforto. Oposto do Etios, o novo hatch tem acerto de molas e amortecedores quase de um tapete voador, ou seja, ele passa por buracos, valetas e imperfeições do piso e transmite pouco para a cabine. O mesmo vale para a direção elétrica que, mesmo sendo mais direta que a do irmão, é leve para manobras e ganha pouco peso em velocidades mais altas, além de ter bom ângulo de esterço - observação importante se você tem uma vaga de garagem apertada. 

Toyota Yaris 1.3 XL Plus Tech (Teste BR)

Em contrapartida, não espere um Yaris dinâmico. Em curvas mais rápidas, é perceptível que a carroceria inclina bastante, com uma leve tendência a "traseirar", mas sem muito drama. Se passar do ponto, há os controles de estabilidade e tração para segurar. Aos clientes Toyota que gostam dessa característica de conforto dos Corolla pré-facelift, é uma boa notícia. O espaço interno é bom para quatro adultos, com piso plano na traseira e porta-malas de 310 litros. 

Os 9 cv e, mais importante, os 2 kgfm de torque do 1.5 fazem falta ao Yaris 1.3. Não que seja lento, mas quando comparado ao de maior cilindrada é perceptível que o câmbio CVT trabalha mais para entregar as respostas esperadas pelo motorista. Com frequência, ele joga a rotação para cima, o que causa um certo desconforto acústico no interior, e é mais difícil manter o indicador de condução "Eco" aceso. O resultado é que na cidade ele consumiu praticamente o mesmo do 1.5 (8,0 contra 8,1 km/l com etanol) e na estrada, situação onde o menor motor "sofre" mais para manter a velocidade, foi 0,6 km/l pior na média, com 10,7 km/l versus 11,3 km/l. Com o (pequeno) tanque de 45 litros, significa 27 km a menos rodados na estrada com o Yaris 1.3. 

Toyota Yaris 1.3 XL Plus Tech (Teste BR)

Na pista de testes, foram necessários 0,9 segundo a mais para chegar aos 100 km/h (12 segundos cravados), e 2,2 segundos na retomada de 40 a 100 km/h (9 segundos), provas que revelam a agilidade (ou não) na cidade. Em compensação, são números consideravelmente melhores que os do Etios X 1.3 automático, com câmbio de quatro marchas, 98 cv e 13,1 kgfm de torque. 

Agora vamos falar de outros números. Por R$ 65.590, o Yaris XL 1.3 CVT vem de série com direção elétrica com regulagem de altura, computador de bordo, retrovisor interno fotocrômico, conjunto elétrico (vidros, travas e retrovisores), controles de tração e estabilidade, piloto automático, sistema de som com USB e Bluetooth e Isofix no banco traseiro, além dos três encostos de cabeça e cinto de três pontos para os cinco ocupantes. Por fora, temos rodas de liga aro 15" e faróis de neblina. 

Toyota Yaris 1.3 XL Plus Tech (Teste BR)
Toyota Yaris 1.3 XL Plus Tech (Teste BR)

A versão XL Plus Tech, como a testada, custa R$ 69.590. Estes R$ 4 mil adicionam ar-condicionado digital automático, banco traseiro bipartido com apoio de braço, chave presencial com botão de partida e central multimídia com tela de 7" sensível ao toque e aplicativo de trânsito (Waze) integrado. Para quem deseja um pacote mais completo (e moderno) sem pagar os R$ 74.590 da XS 1.5 (mas abre mão do desempenho melhor) é uma boa opção. 

Se você procura um Yaris 1.3 CVT com o pacote básico de equipamentos, o XL te atenderá bem. Você foge da simplicidade do Etios e ainda poupará uma grana que pode ser importante para pagar seguro, IPVA e documentação. Mas, diante dos rivais de outras marcas, como Fiat Argo e VW Polo, o novo Toyota ainda é um hatch "salgadinho". 

Fotos: autor e divulgação

Ficha técnica - Toyota Yaris XL 1.3 CVT

MOTOR dianteiro, transversal, 4 cilindros em linha, 1.329 cc, 16 válvulas, duplo comando variável, flex
POTÊNCIA/TORQUE

94/101 cv a 5.600 rpm; 12,5/12,9 kgfm a 4.000 rpm

TRANSMISSÃO CVT com simulação de 7 marchas, tração dianteira
SUSPENSÃO independente McPherson na dianteira e eixo de torção na traseira
RODAS E PNEUS alumínio aro 15" com pneus 185/60 R15
FREIOS discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS
PESO 1.125 kg em ordem de marcha
DIMENSÕES comprimento 4.145 mm, largura 1.730 mm, altura 1.490 mm, entre-eixos 2.550 mm
CAPACIDADES tanque 45 litros, porta-malas 310 litros
PREÇOS R$ 65.590 (R$ 69.590 como testado)
MEDIÇÕES MOTOR1 BR
    Toyota Yaris 1.3 CVT
Aceleração  
  0 a 60 km/h 5,7 s
  0 a 80 km/h 8,4 s
  0 a 100 km/h 12,0 s
Retomada  
  40 a 100 km/h em D 9,0 s
  80 a 120 km/h em D 8,8 s
Frenagem  
  100 km/h a 0 42,6 m
  80 km/h a 0 27,4 m
  60 km/h a 0 15,5 m
Consumo  
  Ciclo cidade 8,0 km/l 
  Ciclo estrada 10,7 km/l

Gallery: Toyota Yaris 1.3 XL Plus Tech (Teste BR)