Para ter uma ideia do tamanho do mercado norte-americano e a força da Ford por lá, basta olhar para a F-Series. A linha com F-150 e F-250 tem 98% de suas vendas concentradas nos EUA e ainda assim é o suficiente para chegar porto de 1 milhão de unidades vendidas. Teria ido melhor se não fosse pelo período em que os clientes aguardaram pela nova geração da F-150, que acabou lançada somente no final do ano. Junte isso com a situação global e a picape acabou perdendo 100 mil unidades em vendas em ante o ano anterior.