A história deste carro é bem curiosa. Não foi um empréstimo da Ferrari ou uma compra feita pelo governo. Na verdade, esta 458 Spider foi apreendida pela polícia, pois pertencia à máfia italiana. Ao invés de leiloar o esportivo (que é o procedimento normal), o governo achou melhor deixar o carro com a polícia de Milão, como uma prova de que o crime não compensa. Recebeu uma pintura, giroflex e um rádio comunicador. Ele só participa de eventos educacionais com crianças e, daqui a um tempo, será leiloado. O dinheiro será usado para ajudar as vítimas de crimes cometidos pela máfia.

Mesmo que não vá correr, a 458 Spider é bem rápida. Utiliza um motor 4.5 V8 de 570 cv, combinado a um câmbio automatizado de dupla embreagem e 7 marchas. Acelera de 0 a 100 km/h em 3,4 segundos, mas tem a velocidade máxima reduzida para “somente” 320 km/h, por conta do peso adicional do sistema que abre e fecha o teto.