Desde que a Hyundai inciou o projeto do HB20, em 2009, a marca coreana já trabalhava em três variantes: hatch, sedã e "SUV like". Não estavam falando do Creta, que usa a base do Elantra, mas sim do HB20X,versão aventureira do hatch que veste rodas exclusivas, proteções plásticas nas laterais e o "peito de aço" frontal. A suspensão foi modificada (4,1 cm mais alta para um total de 20,5 cm de vão livre) e ficou melhor que a do HB20 convencional, especialmente em pisos ruins. É oferecido sempre com motor 1.6 de 128 cv e câmbio de 6 marchas, manual ou automático.