Nascida em 1999, foi a primeira perua nacional com pegada aventureira. A receita era simples: suspensão reforçada e elevada, pneus de uso misto, para-choques sem pintura, quebra-mato na dianteira e proteção plástica nas caixas de roda. Fez sucesso imediato, acompanhando a Palio Weekend em diversas reestilizações e trocas de motores até a saída de linha, no fim do ano passado. Teve motores 1.6 8V, 1.6 16V, 1.8 8V de origem GM e finalmente, o 1.8 16V E-TorQ. Também chegou a ganhar diferencial com bloqueio mecânico, para compensar a falta de uma tração 4x4. Perdeu apelo com a chegada dos SUVs e a derrocada das peruas.