Mais do que um produto, o Argo era a esperança da Fiat de voltar a fazer sucesso no segmento de carros de passeio. Tinham uma meta ambiciosa, de 6 mil unidades por mês. No entanto, no segundo mês cheio, estacionou nas 4 mil unidades. Teve um resultado melhor em novembro, chegando a 5.015 veículos emplacados. Demorou, mas começa a se aproximar de sua meta de vendas. Ainda mais em 2018, quando ganhará uma nova versão de entrada a partir de R$ 43.990.