Em junho, a Honda confirmou que, em algum momento de 2024, iria apresentar a XR 300L Tornado. Variante mais off-road construída sobre a base da XRE 300 Sahara, a moto foi a principal surpresa da marca durante o Festival Interlagos. Agora, a montadora revelou seu preço e mais detalhes.

Apesar de a marca não ter falado absolutamente nada dos detalhes técnicos da nova Tornado durante o evento, já estava evidente a reutilização de chassi e motor da Sahara. Isso foi confirmado, mas a Honda detalhou onde que uma se diferencia da outra. As mudanças foram focadas para dar mais capacidade no fora-de-estrada. A nova Honda XR 300L Tornado 2025 tem preço anunciado de R$ 27.690 (sem frete) e deve chegar às lojas a partir de agosto. A novidade está cobrando R$ 600 a mais que a Sahara em que se baseia.

Galeria: Honda XR 300L Tornado 2024

Nova Tornado não é só uma Sahara sem carenagem

Além do visual claramente diferente, a nova Honda Tornado tem algumas alterações na parte técnica. Começando pela dianteira, o farol de LED vai fixo nas mesas que seguram o garfo dianteiro. Os garfos em si não mudaram, mas receberam um guarda-pó. As mesas e em si são exclusivas da Tornado, sendo que a inferior é de alumínio forjado.

Por conta disso, aumentou-se o ângulo de cáster da suspensão dianteira (26º), assim como o trail (123 mm). Mas o curso da suspensão dianteira permanece em 245 mm. Na traseira, o amortecedor único recebeu um novo elemento de ligação ao chassi, mais longo, o que gera um curso de 227 mm, ou 2 mm a mais que na Sahara.

Honda XR 300L Tornado 2024

Honda XR 300L Tornado 2024

O banco da Tornado também é mais alto e reto, usando pedaleiras metálicas dentadas. É uma tática de off-road, para melhorar a condução em pé e dar mais tração às botas durante a condução. A altura do assento foi a 890 mm, bem mais que os 859 mm da Sahara. O revés é que fica mais difícil o acesso para quem é mais baixo e o garupa não vai tão confortável como no banco de dois níveis da moto que lhe deu origem.

O painel de instrumentos da nova Tornado tem basicamente as mesmas funções encontradas na Sahara. É digital e contém velocímetro, conta-giros, computador de bordo, indicador de marcha e marcador de combustível. O acabamento no entorno da tela é diferente.

A parte mecânica não muda. Permanece o motor monocilíndrico arrefecido a ar com auxílio de um radiador para o óleo. Tem 293,5 cm3 de capacidade e é flex. Com etanol, entrega 24,8 cv de potência a 7.500 rpm e 2,74 kgfm de torque a 5.750 rpm. Com gasolina, são 24,3 cv e 2,7 kgfm nas mesmas faixas de rotação.

Honda XR 300L Tornado 2024

Honda XR 300L Tornado 2024

O câmbio permanece sendo de seis velocidades com embreagem assistida e deslizante. Enquanto a transmissão final ainda é feita por corrente, há uma diferença na Tornado. Enquanto a novidade usar uma coroa de 40 dentes, priorizando força, a Sahara tem uma peça de 39 dentes para diminuir a rotação em estrada.

A moto segue usando freios a disco, com 256 mm de diâmetro na dianteira e 220 mm na traseira, ambos dotados de ABS. As rodas permanecem de 21" e 18", respectivamente, raiadas. A diferença está no fornecedor do aro para a Tornado: a japonesa D.I.D., e já estão preparados para usar pneus com travas de aro. Os pneus seguem com medidas 90/90-21 e 120/80-18 fornecidos pela Michelin no modelo Karoo.

O tanque de combustível tem um formato exclusivo para a Tornado e acomoda 13,8 litros de combustível. O peso a seco declarado é de 143 kg, 3 kg a menos que na Sahara de entrada. Nas medidas, a moto tem 2.201 mm de comprimento, 1.429 mm de entre-eixos, 1.298 mm de altura e 268 mm de vão livre em relação ao solo.

Envie seu flagra! flagra@motor1.com