A linha de veículos comerciais da Fiat hoje é composta pelo Fiorino e a Ducato, que tem opções chassi cabine, furgão e van de passageiros. No entanto, a marca deve repetir a estratégia da Peugeot com o Partner Rapid e lançar por aqui mais uma opção de veículo de trabalho utilizando uma plataforma que suas parceiras da Stellantis já oferecem no Brasil.

Por meio de um teaser em vídeo, a Fiat confirmou o lançamento do Scudo para o mercado brasileiro. E sim, é a versão da italiana para dois modelos que já existem: Peugeot Expert e Citroën Jumpy. A marca não divulgou muitos detalhes a respeito da novidade, apenas confirmando que sua apresentação oficial se dará no dia 23 de junho.

Teaser do novo Fiat Scudo no Brasil

As opções de Peugeot e Citroën são montadas no Uruguai, mas ainda não se sabe se o Fiat Scudo se utilizará da mesma estratégia, será importado de outro país ou mesmo se a fabricação se dará em algumas das linhas de montagem da Stellantis no Brasil. Tratando-se de um veículo de trabalho, as mudanças devem ser pequenas.

Assim como aconteceu com o Peugeot Partner Rapid, que é basicamente um Fiat Fiorino com novos emblemas e detalhes visuais, o novo Fiat Scudo deverá trazer as mesmas linhas das opções francesas. O teaser mostra claramente a dianteira, onde apenas a grade parecer ter mudado de fato.

Assim como Peugeot Expert e Citroën Jumpy, o novo Fiat Scudo também pode investir em duas variantes: uma furgão para transporte de carga e outra mais voltada para levar passageiros e que, nas francesas, tem até um teto mais alto. Também há uma terceira opção, a Vitré, com teto baixo, sem bancos e laterais com janelas. O conjunto mecânico também deve ser mantido, uma vez que já está homologado tanto para o veículo quanto em termos de emissões no Brasil.

Citroën Jumpy (Brasil)
Citroën Jumpy (Brasil)

Este propulsor é um 1.6 turbodiesel chamado de BlueHDi nas francesas. Ele é capaz de entregar 120 cv de potência e 30,6 kgfm de torque, sendo sempre associado ao câmbio manual de 6 marchas. A tração é dianteira. Com isso, Expert e Jumpy podem levar até 1.500 kg de carga com um volume útil de 6,1 m³ nas versões furgão ou até 11 passageiros.

Os modelos franceses já trazem de série itens como airbags frontais, controle eletrônico de estabilidade, freios a disco na quatro rodas, direção eletro-hidráulica, volante regulável em altura e profundidade, entre outros itens. Na divulgação, a Fiat afirmou que o Scudo terá confortos de carros de passeio. Exatamente o mesmo discurso das francesas quando lançaram seus produtos. 

Apesar de pouca coisa ter sido confirmada a respeito da nova Fiat Scudo no Brasil, podemos especular algumas coisas. Por exemplo, quando a Peugeot Partner Rapid foi lançada, chegou mais barata que o Fiat Fiorino. Dessa forma, o Scudo pode chegar mais caro que o Expert. A opção da Peugeot hoje parte de R$ 161.990 na versão furgão básica.

Scudo, Expert e Jumpy: história muito antiga

Fiat Scudo 1995
Fiat Scudo 1995

Em 1995, Fiat, Peugeot e Citroën apresentaram modelos comerciais leves, mas menores que a linha Ducato/Boxer/Jumper. Daí nasceram os dois modelos oferecidos aqui no Brasil: Peugeot Expert e Citroën Jumpy. Além da dupla francesa, o projeto menor ainda deu origem à Fiat Scudo.

As três tinham opções de carga, de passageiros ou de uso combinado. Expert e Jumpy no Brasil oferecem as duas primeiras opções apenas. Apresentada aqui em 2017 e também montada no Uruguai, a dupla é um dos principais produtos comerciais tanto para a Peugeot quanto para a Citroën. Os dois modelos estão em sintonia com a 3ª geração dos modelos, apresentada em 2016 na Europa.

Envie seu flagra! flagra@motor1.com