Entre os diversos temas que dominaram o noticiário automotivo desta semana, selecionamos quatro deles que foram os maiores destaques. A Chevrolet revelou o novo Equinox 2023 com um pouco de atraso para o mercado brasileiro, enquanto a Peugeot apresentou por aqui o Partner Rapid, sua versão do Fiat Fiorino.

Para quem gosta de acompanhar a legislação e novos projetos que podem afetar a vida dos motoristas, duas propostas se movimentaram na semana. Uma delas pede o fim da obrigatoriedade de autoescola no processo de habilitação de motoristas. Já para o segmento de duas rodas, um projeto quer permitir a isenção de IPVA para modelos de baixa cilindrada. 

Estes são os destaques do Semana Motor1.com de hoje!

Novo Chevrolet Equinox 2023 no Brasil

Chevrolet Equinox RS 2023 (1)

Era pra ter chegado no ano passado, o Chevrolet Equinox 2023 chegou apenas agora no Brasil. O SUV sofreu com paralisações em sua produção no México devido à falta de semicondutores. Agora o modelo faz sua estreia no mercado nacional com visual reestilizado conhecido desde fevereiro de 2020, chegando por aqui em duas versões: Premier e RS. Os preços ainda não foram revelados, mas você pode conferir o que muda no Equinox 2023.

Chegada do Peugeot Partner Rapid

Peugeot Partner Rapid 2023

Sim, é um Fiat Fiorino com emblemas da Peugeot, e a francesa nem tenta esconder isso. O que ela quer mesmo é aumentar sua participação no segmento de veículos comerciais leves aproveitando as sinergias da Stellantis. A Peugeot ainda está apostando em um sistema interessante de serviço de pós-vendas, incluindo revisões.

CNH sem autoescola?

Autoescola

Projeto de Lei de autoria da Senadora Kátia Abreu (PDT-TO) quer retirar a obrigatoriedade do uso de autoescolas no processo de habilitação de novos condutores. O argumento da senadora é que o processo é caro e que os interessados "têm muito a aprender empiricamente dentro do núcleo familiar". Veja como isso funciona.

Isenção de IPVA para motos pequenas

Honda Biz 110i e 125i 2022 - Dinâmica lateral

Um projeto de resolução do Senado, feito pelo senador Chico Rodrigues (União-RR), quer autorizar a isenção do pagamento de IPVA para motos de até 170 cilindradas. O imposto, porém, é estadual não federal, então é difícil saber quais serão exatamente os reais impactos para os proprietários. O segmento representa mais de 80% das vendas de motos no Brasil.

Envie seu flagra! flagra@motor1.com