Não é mais segredo que a Royal Enfield quer realmente liderar o segmento de motocicletas entre 350 e 750 cilindradas. Desde o lançamento da Meteor 350 por aqui, as vendas da marca cresceram e se encaminham para ser as melhores desde seu retorno ao Brasil em 2017. A plataforma 650 hoje utilizada na Interceptor também deve ter grande importância no futuro.

Além da moto retrô, que recebeu a linha 2022 recentemente, a arquitetura com motor bicilíndrico já equipa a Cafe Racer Continental GT. Enquanto isso, na Índia, a marca já está testando mais uma variante para família. Dessa vez, deverá ser uma estradeira de fato, com banco mais baixo e pedaleiras mais avançadas como a Meteor 350. Tanto que a imprensa indiana está chamando a novidade de "Super Meteor".

Royal Enfield Interceptor 650 2022 -
Royal Enfield Interceptor 650 2022

Enquanto tudo isso estava acontecendo, a Royal Enfield apresentou na edição 2021 do EICMA o conceito SG 650. O protótipo antecipava um modelo Bobber, com banco solo e para-lama traseiro encurtado. Agora, um vídeo da marca sobre a expedição que fará ao Polo Sul com duas Himalayan deixou escapar a família 650 da empresa deve dobrar em breve.

Em um trecho do vídeo, um dos pilotos abre uma garagem com várias motos da Royal Enfield ao fundo. Além da própria Interceptor 650 e algumas Meteor, as imagens revelaram a futura "Super Meteor 650" e mais um modelo similar, mas com banco solo como no conceito SG 650. Por conta disso, essa segunda moto já foi apelidada na Índia de Shotgun 650.

Royal Enfield SG650 Concept
Royal Enfield SG650 Concept

Como já foi visto em alguns flagras no passado, a nova estradeira 650 da Royal Enfield deverá ser a primeira da marca a contar com suspensão dianteira por garfo telescópico invertido, o que ficou comprovado também por conta do vídeo. as chances são de que a Bobber deva utilizar a mesma solução.

Ainda não se sabe se as novas Super Meteor 650 e Shotgun 650 terão acertos específicos para a motorização, mas o propulsor deve ser o mesmo visto hoje na Interceptor e na Continental GT. O dois cilindros paralelos tem 647 cm³ de capacidade, é refrigerado a ar com auxílio de radiador de óleo e tem 4 válvulas por cilindro com comando no cabeçote. Com isso, o propulsor entrega 47 cv de potência a 7.100 rpm e 5,4 kgfm de torque a 5.250 rpm. Para acompanhar, o câmbio tem 6 marchas. 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com