O ano de 2021 ainda não acabou, mas desde já o Jeep Compass tem motivos de sobra para comemorar. Até a primeira quinzena de novembro, o SUV produzido em Pernambuco emplacou nada menos que 61 mil unidades e superou o resultado de todos os anos anteriores de comercialização no Brasil. Na prática, o modelo conseguiu bater o próprio recorde anual de vendas com um mês e meio de antecedência.

O Compass foi lançado no mercado brasileiro em outubro de 2016. Em 2017, primeiro ano completo de vendas, foi líder em SUVs no país com 49.194 carros vendidos. Em 2018, novamente garantiu posição na liderança da categoria e emplacou 60.285 unidades. Em 2019 registrou 60.368 emplacamentos e em 2020, 52.973. Agora, no acumulado, soma mais de 61 mil exemplares entregues e cerca de 300 mil produzidos no total.

Dianteira em movimento do Jeep Compass Limited TD350 2022
Traseira em movimento do Jeep Compass Limited TD350 2022
Painel do Jeep Compass Limited TD350 2022

“Não temos dúvida de que o Compass é um case de sucesso da Jeep no Brasil. Com o lançamento da reetilização, em abril, que já se mostrou vencedora desde sua pré-venda, mexemos em time vencedor, sim, mas porque para se manter líder não é possível se acomodar. Assim, garantimos ótimos resultados para o modelo mesmo com novos concorrentes que chegaram ao mercado neste ano”, comenta Everton Kurdejak, diretor de Operações Comerciais da Jeep no Brasil.

Sob o capô, são ofertados motores 1.3 turboflex T270 de até 185 cv de potência e 27,5 kgfm de torque e 2.0 turbodiesel T350 com 170 cv e 35,7 kgfm de força. O primeiro sai de fábrica sempre associado à transmissão automática de 6 marchas. Já o segundo vem exclusivamente acoplado ao câmbio automático de 9 marchas, com tração 4x4. A gama de versões é composta pelos acabamentos Sport, Longitude, Limited, Série S e Trailhawk.

Comparativo: Jeep Compass S vs. Toyota Corolla Cross XRX Hybrid vs. VW Taos Launch Edition
Envie seu flagra! flagra@motor1.com