O segmento das pequenas aventureiras hoje é dominado pela Honda Bros 160. Contando por versão, ela vende mais que qualquer CG 160, pois a moto mais vendida do Brasil possui 4 configurações diferentes (Start, Fan, Titan e Cargo). Para a Bros, a rival mais próxima é a Yamaha Crosser 150, nas versões S ou Z. 

Mas para quem quer subir um degrau na categoria, tanto em desempenho quanto em equipamentos, mas não consegue chegar nos valores da Honda XRE 300, a marca oferece a XRE 190, moto que serve como intermediária na linha de aventureiras de entrada da empresa. Ela acabou de receber a gama 2022 e é difícil nomear uma rival direta.

Para isso, você precisa puxar do fundo da memória que a Dafra ainda vende a NH 190, outra aventureira intermediária. Para saber o que XRE 190 e NH 190 oferecem aos que querem sair das pequenas trails, comparamos um pouco do que cada uma oferece nesse texto, desde a ficha técnica até a lista de equipamentos de série.

Preço (sem frete)

Honda XRE 190 - R$ 16.250

Dafra NH 190 - R$ 16.490

Honda XRE 190 azul 2022
Dafra 2020

Equipamentos de série

A Honda XRE 190 2022 traz de série partida elétrica, painel de instrumentos digital, conta-giros, relógio, marcador de combustível e freio a disco nas duas rodas com ABS para a dianteira. Por sua vez, a Dafra NH 190 fica devendo o sistema antitravamento dos freios, tendo apenas acionamento combinado para os discos em ambas as rodas. A moto, porém, também traz o painel digital, mas leva vantagem por ter farol com lâmpadas de LED e uma tomada USB. No demais, as motos são parelhas.

Honda XRE 190 2022
Dafra 2020

Ciclística

Na XRE 190, a Honda utiliza o mesmo conjunto básico encontrado na Bros 160, com chassi por berço semi-duplo. A maior se diferencia por ter um farol instalado em carenagem fixa, como na XRE 300. A XRE 190 tem 2,07 m de comprimento, 1,36 m de entre-eixos, 836 mm de altura do assento em relação ao solo e 127 kg de peso a seco.

Os discos de freio têm 240 mm de diâmetro na dianteira e 220 mm na traseira. As rodas têm 19 e 17 polegadas respectivamente. Elas são calçadas por pneus 90/90-19 e 110/90-17. Para a suspensão, a XRE 190 tem garfo telescópico com 180 mm curso e amortecedor único na traseira com 150 mm de curso.

Já a Dafra NH 190 utiliza um chassi tipo diamante. Nas medidas mais relevantes, tem 2,07 m de comprimento, 1,41 m de entre-eixos, 820 mm de altura do assento em relação ao solo e um peso a seco de 141 kg. A marca não informa o diâmetro dos discos, mas as rodas têm o mesmo diâmetro da rival, calçadas por pneus ligeiramente maiores: 100/90-19 e 130/80-17. O sistema de amortecedores é o mesmo da XRE, mas com 135 mm de curso na dianteira e 145 mm na traseira.

Motorização

Honda XRE 190 azul 2022
Dafra 2020

A Honda XRE 190 usa uma derivação do motor encontrado nas CG 160 e Bros 160. Trata-se de um monocilíndrico de 184,4 cm³ com comando simples no cabeçote acionado por corrente, tendo somente uma válvula para admissão e uma para escape. A alimentação é feita por injeção eletrônica e a refrigeração é a ar. Flex, entrega até 16,4 cv de potência a 8.500 rpm e 1,66 kgfm de torque a 6.000 rpm quando abastecido com etanol. O câmbio tem cinco velocidades.

Na comparação, o motor da Dafra NH 190 é mais evoluído, apesar de ser abastecido apenas com gasolina. Também monocilíndrico, tem 183 cm³ de capacidade, injeção eletrônica, refrigeração líquida e 4 válvulas, 2 de admissão e 2 de escape. Com isso, entrega um pouco mais de potência: 18 cv a 8.500 rpm. O torque é praticamente o mesmo, com 1,6 kgfm a 7.500 rpm. A transmissão tem 6 velocidades.

Conclusão

No papel, a diferença de preço entre a Honda XRE 190 e a Dafra NH 190 é pequena. A primeira traz uma mecânica mais simples e robusta, entregando torque mais cedo. Juntando isso ao peso menor e maior curso de suspensão, a XRE parece ser mais preparada para encarar obstáculos, além de já contar com ABS. Quem quiser um rodar mais refinado e os faróis de LED, perdendo o ABS, pode ver na NH uma opção.

Envie seu flagra! flagra@motor1.com