Se depender deste flagra, não terá nada de mini no novo Countryman em sua terceira geração, que cresceu. Maior, agora sim temos a real impressão de um SUV compacto em comprimento, largura e altura. E a principal razão disso é que ele dividirá muito com a próxima geração do BMW X1, com a dupla sendo produzida na mesma planta de Leipzig. 

Enquanto a atual geração do Countryman é feita na Holanda, o BMW Group fará toda a produção em sua casa, na Alemanha. Informações sugerem que o novo crescerá 200 mm no comprimento, chegando perto dos 4,50 m de comprimento - hoje, são 4,30 m. 

Flagra: Mini Countryman 2023
Flagra: Mini Countryman 2023
Flagra: Mini Countryman 2023

Apesar do sistema de escape desta unidade camuflada, a Mini já anunciou que o SUV terá sua versão 100% elétrica. Isso faz sentido já que a BMW também fará o mesmo com o X1, o chamando de iX1. Mesmo com suas novas e maiores proporções, é fácil dizer que este Mini (ao menos no nome) terá o design típico dos modelos da marca, apenas maior. Sua plataforma será uma evolução da UKL, que a BMW chama de FAAR. Ela será utilizada para modelos a combustão, híbridos plug-in e conjuntos totalmente elétricos, como no próximo Countryman e BMW X1. 

Flagra: Mini Countryman 2023

A Mini ainda pode apresentar um modelo ainda maior, posicionado acima do Countryman. Em uma conversa com a Auto Express no começo de 2020, o chefe de design da companhia, Oliver Heilmer, comentou sobre o modelo maior. "O Countryman trabalha bem em termos de tamanho, mas em mercados como os Estados Unidos e China, a expectativa é diferente, com algo maior. Isso não será um problema para nós, mas precisará manter o estilo e a alma da Mini". 

Em um comunicado no começo deste mês, o mesmo Oliver Heilmer disse que futuros modelos darão um passo acima, enquanto não usarão mais couro no acabamento. No lugar, terão "novas cores e tecidos". 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com