Muitos consideram a Kawasaki Versys como uma das motos mais simples no segmento de big trails. Não é a mais glamorosa, mas é apta e confiável para se aventurar. A geração atual da Versys 1000 agregou diversas tecnologias de ponta que poucos esperavam da Kawasaki. Recursos voltados para o desempenho, como ABS atuante em curvas, sensor inercial e controle de tração chegaram às duas versões oferecidas.

Para linha 2022, a Kawasaki decidiu voltar ao básico, oferecendo uma configuração mais despojada da Versys 1000, sem alguns dos itens encontrados nas versões S e SE. Certamente irá agradar aos que procuram uma moto multifuncional orientada para o desempenho e que seja mais acessível quando comparada com a concorrência. Para 2022, a Kawasaki deu à versão básica da Versys o tratamento "menos é mais". No entanto, isso não quer dizer que a moto foi "depenada".

Kawasaki Goes Back To Basics With 2022 Versys 1000

A Versys 1000 mais básica continua a ostentar um conjunto de eletrônica avançada que consiste em ABS atuante em curvas, controle de cruzeiro, controle de tração e iluminação total com lâmpadas de LED. Ela pode receber opcionalmente quickshifter bidirecional, manoplas aquecidas, protetores de mão e um para-brisa mais alto.

A Kawasaki não fez nenhuma alteração no propulsor, mesmo para a versão de entrada da Versys 1000 2022. Ainda é encontrado o mesmo quatro-em-linha de 1.043 cm³, alimentado por injeção eletrônica e refrigerado a líquido. Ele é capaz de entregar até 120 cv de potência a 9.000 rpm e 10,4 kgfm de torque a 7.500 rpm. É o mesmo motor encontrado na atual Ninja 1000 SX.

A nova Kawasaki Versys 1000 2022 foi apresentada para o mercado europeu inicialmente. A nova versão de entrada está saindo por 11.995 euros (R$ 75.425). Para as versões S e SE, cobram-se 4.700 euros (R$ 29.553) extras. Na Europa, a novidade chega às lojas em fevereiro de 2022. Ainda não há previsão para o Brasil.

Por aqui, Kawasaki oferece a linha 2021 da aventureira nas versões Versys 1000, equivalente à S europeia, e Versys 1000 Grand Tourer (SE). Elas estão saindo por, respectivamente, R$ 68.490 e R$ 84.990, sem contar o frete. Se a nova versão de entrada da linha 2022 chegar por aqui também, seria uma alternativa para a moto permanecer competitiva em nosso mercado.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com