Este é o novo Citroën C3 2023. Depois de tanta espera, a Citroën finalmente mostrou oficialmente o modelo que será fabricado no Brasil e tem a missão de aumentar a presença da marca em nosso mercado. Além do Brasil e Índia, países que lideraram seu desenvolvimento, também chegará a outros mercados da América Latina partindo de sua produção em Porto Real (RJ). Por aqui, estará nas concessionárias a partir de abril de 2022.

O Citroën C3 já existe na Europa com uma nova geração, que foi lançada em 2020. No entanto, não teremos exatamente o mesmo carro, pois a marca francesa trabalhou em um novo C3 para países emergentes, de olho principalmente no Brasil e na Índia. Parte do projeto “C-Cubed”, que dará origem a mais dois modelos até 2024 (um SUV e um sedã), estreando primeiro na Ásia antes de chegar aqui. No caso do C3, a empresa diz o desenvolvimento levou cinco anos e que, no caso da Índia, tem 90% de localização.

Apesar dos relatos iniciais de que seria um crossover compacto, a marca o trata como um “hatchback com algo a mais”, como descrito por Vincent Cobée, CEO da Citroën, criando um compacto com muito de um utilitário. Isso porque a empresa planeja criar um SUV compacto posicionado abaixo do C4 Cactus no futuro. Ainda assim, tem muito de carro aventureiro, por seu porte, altura em relação ao solo de 180 milímetros e sua posição de dirigir elevada.

O design é bem diferente do modelo europeu, embora com alguns pontos em comum. Por exemplo, usa o logo da Citroën esticando com barras cromadas até os faróis, só que a versão nacional usa uma iluminação diurna em LED na parte superior que é bem mais estreita do que o europeu. Repete os faróis logo abaixo e a linha diagonal em LED branco que faz a juntação com o acabamento prateado que vem do logotipo da empresa.

Citroën C3 2023 (Brasil)
O Citroën C3 que será vendido no Brasil.
Citroën C3 2020 (Europa)
A versão europeia do C3.

Descendo mais um pouco, já fica claro que a grade é totalmente diferente por ser muito maior e com um para-choque redesenhado, que usa uma entrada de ar menor. A área dos faróis de neblina também abandona a área arredondada, adotando linhas mais quadradadas. Passe para a lateral e já notará que não traz os “airbumps” completos, apenas um acabamento escurecido nas bases das portas. O teto é bem mais reto, assim como a tampa do porta-malas.

A traseira também consideravelmente diferente, não só por ser menos inclinada, mas por ter outras linhas. Os faróis tem a mesma proporção do europeu, porém utilizam ângulos retos e são destacados por um vinco.

Citroën C3 2023 (Brasil)

Do lado de dentro, o C3 segue a estratégia da Citroën de apostar em um design ousado. O painel usa uma peça bem larga com um acabamento colorido (no caso, laranja) e com pequenos furos na parte do passageiro, enquanto as saídas de ar nas extremidades ficam na vertical. Terá também um painel de instrumentos totalmente digital.

No centro está uma enorme tela de 10” com Android Auto e Apple CarPlay (usando conexão com fio). Tem até uma área específica para prender o suporte para smartphones logo ao lado da multimídia. A Citroën promete oferecer uma linha bem completa de acessórios para personalizar o veículo.

Será um carro bem pequeno, com 3,98 metros de comprimento e um entre-eixos de 2,54 m, o que acaba fazendo com que brigue com alguns “mini-SUVs” oferecidos na Índia como Nissan Magnite e Renault Kiger. A Citroën promete que será bem espaçoso internamente e com um porta-malas com capacidade para 315 litros. A cabine tem 653 milímetros para espaço das pernas na segunda fileira, enquanto os bancos dianteiros tem 991 mm de espaço de cabeça e 1.418 mm para cotovelos.

Citroën C3 2023 (Brasil)
Citroën C3 2023 (Brasil)

As opções de cor podem ter pintura única ou com teto em outro tom. No caso do modelo para América Latina, poderá ser comprado com as carrocerias nas cores branco Ice, preto Perla Nera, cinza Grafito, cinza Artense e azul Spring, além do teto branco ou preto. Ou seja, a pintura laranja das fotos acima será exclusiva para a Índia, onde também pode ter o teto cinza.

Na Índia, espera-se que tenha o motor 1.2 turbo de três cilindros, com cerca de 130 cv, combinado a uma transmissão manual de 5 marchas ou uma automatizada de dupla embreagem. No caso do Brasil, terá o mesmo 1.6 de 118 cv a 5.750 rpm e 15,5 kgfm de torque a 4.000 rpm e tudo aponta que receberá motores da Fiat – o mais cotado é o 1.0 turbo que equipará o Fiat Pulse, com cerca de 120 cv e 20 kgfm. A Citroën ainda diz que foi desenvolvido para ter uma versão totalmente elétrica caso precise atender ao mercado.

O novo Citroën C3 2023 começará a ser vendido tanto no Brasil quanto na Índia no 1º semestre de 2022. Motor1.com apurou com exclusividade que a Stellantis espera iniciar as vendas em abril do ano que vem. O hatch passou por algumas mudanças após a fusão entre Fiat-Chrysler e Grupo PSA, deixando o carro um pouco mais refinado principalmente para o mercado brasileiro.

Envie seu flagra! flagra@motor1.com