Até a chegada da Meteor 350, a Himalayan era um dos produtos mais populares da Royal Enfield no Brasil. A moto estabeleceu a marca indiana entre as big trails e se tornou uma alternativa viável a motos como Honda XRE 300, Yamaha XTZ 250 Lander e, em um segmento premium, a BMW G 310 GS, que acabou de mudar.

Por aqui, a Himalayan acabou de receber a linha 2022, com novas cores, acabamentos e a inclusão do sistema de navegação por GPS Tripper. No entanto, enquanto a moto segue seu caminho normalmente no mercado brasileiro, a matriz indiana da Royal Enfield já está planejando a diversificação da plataforma da aventureira.

Flagra - Nova versão da Royal Enfield Himalayan

Um flagra publicado pelo Autocar India mostrou uma misteriosa Himalayan que aparenta ter sido "depenada". A imagem não deixa enganar: ainda é a aventureira da Royal Enfield. Mas alguns detalhes estão diferentes. Em primeiro lugar, a foto mostra que a moto está sem o para-brisa. As armações nas laterais da moto também sumiram.

Mas não são apenas mudanças cosméticas que a Royal estaria testando para essa possível nova versão da Himalayan. Se vocês repararem na dianteira da moto, perceberão que a roda frontal está menor, provavelmente trocando a atual de 21 polegadas por uma de 19. Além disso, está acompanhada apenas por um paralama baixo. As bengalas da suspensão também aparecem com guarda-pó.

A imprensa indiana está apostando em uma futura versão mais acessível e despojada da aventureira da Royal Enfield que, se realmente manter o visto nos flagras, deverá resgatar um estilo que foi moda há cerca de 10 anos. Trata-se das motards, motos com base em aventureiras, mas simplificadas e com roda dianteira menor para melhorar a agilidade em curvas. De qualquer forma, com a Himalayan 2022 já passando de R$ 20 mil no mercado brasileiro, qualquer notícia de uma versão possivelmente mais barata da moto é positiva.

Galeria: Royal Enfield Himalayan 2022 - Brasil

Envie seu flagra! flagra@motor1.com