Com o encerramento do mês de julho, o mercado de duas rodas nacional vem mostrando um crescimento pequeno, porém constante. No mês passado, 112.586 motocicletas novas foram emplacadas, 5,5% a mais que o número de junho, que teve 106.716 unidades registradas. Porém, o ranking das mais vendidas de julho teve mudanças importantes.

Entre as montadoras mais vendidas de julho, houve certa estabilidade em relação ao mês anterior. No entanto, uma alteração importante aconteceu. Após ver uma queda de 13,91% nos emplacamentos entre junho e julho, a BMW deixou de ser a terceira marca mais comercializada no país. Ela perdeu a posição para a Shineray, que cresceu 19,46% no período. Foi a maior alta entre as marcas e, em grande parte, mérito da New Super Smart 50, que cresceu 23,50%.

Shineray - Motos no Brasil
BMW G 310 GS 2022

POS. 

MARCA 

JUL. 21 

% TOTAL 

JUN. 21 

% TOTAL 

% VAR. JUL/JUN 

1º 

HONDA 

86.648 

76,96% 

82.393 

77,21% 

5,16% 

2º 

YAMAHA 

19.025 

16,90% 

17.763 

16,65% 

7,10% 

3º 

SHINERAY 

1.326 

1,18% 

1.110 

1,04% 

19,46% 

4º 

BMW 

1.083 

0,96% 

1.258 

1,18% 

-13,91% 

5º 

KAWASAKI 

885 

0,79% 

756 

0,71% 

17,06% 

6º 

HAOJUE 

633 

0,56% 

647 

0,61% 

-2,16% 

7º 

ROYAL ENFIELD 

588 

0,52% 

521 

0,49% 

12,86% 

8º 

DAFRA 

459 

0,41% 

478 

0,45% 

-3,97% 

9º 

TRIUMPH 

413 

0,37% 

509 

0,48% 

-18,86% 

10º 

AVELLOZ 

269 

0,24% 

227 

0,21% 

18,50%

Entre as motos, o ranking também mudou. Após passar pela mudança de ano modelo no mês passado, a Yamaha Fazer 250 perdeu mais posições, ficando apenas em 10º lugar apesar de ter crescido 4,68% entre junho e julho. A tendência agora é de que suas vendas se estabilizem conforme a versão 2022 começar a chegar normalmente às lojas.

A Honda CG 160 foi mais uma vez a moto mais vendida do Brasil. A boa notícia é que a líder cresceu 20,73% na comparação entre junho e julho, um dos melhores resultados registrados entre as 20 mais emplacadas do período. A única moto que cresceu mais que a CG foi a Yamaha YBR 150 Factor, com 20,77% de alta na comparação.

Honda CG Titan 160 2022
Yamaha Factor 150 2022
Honda Pop 110i 2019

Por outro lado, um modelo em específico demonstrou queda relevante no mês de julho na comparação com o período anterior. A Honda Bros 160, tradicional terceira moto mais vendida do Brasil, perdeu a posição para a Pop 110i e ficou na 4ª colocação apenas. As vendas da aventureira caíram 27,02%. Como o fornecimento de componentes ainda não está normalizado para as fábricas de Manaus (AM), a Bros pode estar sofrendo com isso. No entanto, é uma das poucas motos da Honda que ainda não tem linha 2022. A queda pode estar antecipando tal mudança.

POS. 

MODELO 

JUL. 21 

% TOTAL 

JUN. 21 

% TOTAL 

% VAR. JUL/JUN 

POS. JUN. 

1º 

HONDA CG 160 

30.633 

27,21% 

25.373 

23,78% 

20,73% 

1º 

2º 

HONDA BIZ 

16.935 

15,04% 

15.635 

14,65% 

8,31% 

2º 

3º 

HONDA POP 110I 

10.622 

9,43% 

9.718 

9,11% 

9,30% 

4º 

4º 

HONDA NXR 160 

10.302 

9,15% 

14.117 

13,23% 

-27,02% 

3º 

5º 

HONDA CB 250F TWISTER 

4.177 

3,71% 

4.219 

3,95% 

-1,00% 

5º 

6º 

HONDA XRE 300 

3.653 

3,24% 

3.456 

3,24% 

5,70% 

6º 

7º 

YAMAHA YBR 150 

3.477 

3,09% 

2.879 

2,70% 

20,77% 

7º 

8º 

YAMAHA XTZ 150 

3.071 

2,73% 

2.864 

2,68% 

7,23% 

8º 

9º 

HONDA PCX 150 

2.989 

2,65% 

2.771 

2,60% 

7,87% 

10º 

10º 

YAMAHA FAZER 250 

2.975 

2,64% 

2.842 

2,66% 

4,68% 

9º 

11º 

HONDA ELITE 125 

2.408 

2,14% 

2.169 

2,03% 

11,02% 

11º 

12º 

HONDA XRE 190 

2.161 

1,92% 

2.058 

1,93% 

5,00% 

12º 

13º 

YAMAHA XTZ 250 

1.882 

1,67% 

1.751 

1,64% 

7,48% 

13º 

14º 

YAMAHA YS150 FAZER 

1.583 

1,41% 

1.661 

1,56% 

-4,70% 

14º 

15º 

YAMAHA NMAX 

1.491 

1,32% 

1.392 

1,30% 

7,11% 

15º 

16º 

YAMAHA NEO 125 

1.416 

1,26% 

1.271 

1,19% 

11,41% 

16º 

17º 

YAMAHA YBR 125 

1.131 

1,00% 

1.071 

1,00% 

5,60% 

18º 

18º 

SHINERAY XY 50 

1.030 

0,91% 

834 

0,78% 

23,50% 

20º 

19º 

HONDA ADV 150  

1.025 

0,91% 

1.076 

1,01% 

-4,74% 

17º 

20º 

YAMAHA MT03 

961 

0,85% 

881 

0,83% 

9,08% 

19º 

... 

... 

... 

... 

... 

... 

... 

... 

  

TOTAL MOTOS 

112.586 

100,00% 

106.716 

100,00% 

5,50% 

... 

Fonte: Fenabrave

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com