O próximo V12 será o terceiro de sua linhagem em toda a história da Lamborghini

Após 10 anos de produção, a Lamborghini está enfim se despedindo do Aventador e de seu motor V12. No entanto, a marca italiana não está abandonando completamente o propulsor, e trabalha cuidadosamente em um substituto que manterá esta quantidade de cilindros. O CEO da Lamborghini, Stephan Winkelmann, deu à Autoblog alguns detalhes críticos sobre o futuro do V12.

Há poucas semanas, a Lamborghini revelou o Aventador Ultimae, que é o modelo final da saga Aventador de uma década. O Aventador Ultimae é movido por um motor 6.5 V12 que produz 780 cavalos e 73,4 kgfm de torque. O bruto motor pode acelerar até 8.500 rpm, onde atinge sua potência máxima.

Galeria: Lamborghini Aventador LP 780-4 Ultimae

O motor L539 V12 foi construído especificamente para o lançamento do supercarro Aventador e foi o segundo V12 totalmente novo a encontrar seu lar em um Lamborghini. Antes do L539, todos os Lamborghinis V12 usavam uma evolução do motor Bizzarini V12, que foi originalmente projetado por Giotto Bizzarini no início dos anos 1960. O que começou como um 3.5 V12 em 1963, acabou como um 6.5 V12 encontrado no Murcielago LP 640.

O próximo V12 será o terceiro motor deste tipo em toda a história da Lamborghini, o que torna uma tarefa muito crítica. Winkelmann explicou ao Autoblog: “A tecnologia é diferente, é um motor completamente novo, um sistema de transmissão completamente novo, uma bateria nova, tudo é novo. Não há nada tirado do Sián ou do Aventador”.

O futuro sucessor do Lamborghini Aventador oferecerá aos clientes um motor V12 naturalmente aspirado junto com um sistema híbrido elétrico. Esta combinação única utiliza o melhor da nova tecnologia para manter o V12 vivo, pois não conseguiria atender às normas de emissões de poluentes na Europa se não fosse eletrificado. Além disso, o plano da empresa é eletrificar toda a sua linha nos próximos anos.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com