Sucessor do C3 terá design inspirado em SUVs e será fabricado em Porto Real (RJ)

Lançamento mais do que estratégico para os planos da Citroën em mercados emergentes, o sucessor do C3 - extraoficialmente chamado de C3 Sporty - já tem data marcada para estrear na Índia. Por lá, o modelo será revelado no início de 2022 e chegará às lojas logo na sequência. Brigará diretamente com Nissan Magnite, Renault Kiger e Suzuki Vitara Brezza na faixa dos SUVs de entrada com menos de 4 metros de comprimento.

Visualmente, a inspiração para partirá de modelos maiores vendidos na Europa, conforme revelou modelo vazado em formato de miniatura. Na dianteira, será destaque o esquema de iluminação dividido em dois andares e com LEDs integrados, a exemplo dos lançamentos como o novo C4. A carroceria terá colunas retas e teto alto com cores contrastantes. Na traseira, as lanternas terão elementos em alto relevo e LEDs em formato de C.

Galeria: Novo Citroën C3 - Miniatura

A plataforma adotada será a conhecida arquitetura CMP do grupo Stellantis, de caráter modular e desenvolvida especialmente para veículos de porte compacto (como o Peugeot 208, por exemplo). Na Índia, o C3 Sporty será oferecido apenas com motor 1.2 turbo a gasolina e opção de câmbio manual ou automatizado DCT de dupla embreagem. Variantes turbodiesel não serão oferecidas, apesar do gosto local.

No Brasil, o lançamento também é aguardado e poderá acontecer até mesmo antes da Índia - especulações apontam outubro como data provável. Não à toa, a fábrica de Porto Real (RJ) vem sendo preparada desde 2019 para receber o modelo. A unidade já produz o C4 Cactus, que usa outra plataforma (a PF1), mas o compartilhamento de peças será praticamente inevitável. Componentes como retrovisores e volante, por exemplo, serão os mesmos nos dois carros.

Sob o capô da versão nacional, tudo indica que marcará presença o conhecido motor 1.6 aspirado da marca, associado aos câmbios manual de 5 marchas ou automático de 6 velocidades. O 1.0 turbo 3 cilindros da Stellantis também é especulado, mas apenas para um segundo momento.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com