Com estreia em março no Brasil, o Corolla Cross demorou para embalar em nosso mercado, o que não é nenhum demérito, pois a concorrência com o Jeep Compass não é das mais fáceis. Mas agora o SUV da Toyota parece ter conquistado o público, pois vendeu muito bem no mês de junho ao emplacar nada menos do que 4.710 unidades, número suficiente para desbancar o sedã Corolla pela primeira vez na história da marca.

Para se ter noção de quanto o Corolla Cross embalou nas vendas, quando vemos o ranking da Fenabrave o SUV aparece em 10º lugar, à frente do tradicional sedã Corolla (11º) que emplacou em junho 3.544 unidades, ou 1.166 carros a menos do que o recém lançado utilitário. O fato é um tanto histórico, já que nunca um modelo da Toyota superou o Corolla em número de vendas até então aqui no Brasil.

Galeria: Toyota Corolla Cross 2022

Embora tenha sido lançado próximo da segunda quinzena de março, o Corolla Cross alcançou bons números de vendas no acumulado do ano até junho (suas vendas começaram dia 26 de março). Com isso, o SUV teve 10.313 unidades comercializadas, enquanto o Corolla tradicional bateu o número de 19.899 carros nesse período – e isso considerando desde o mês de janeiro.

Ou seja, o Corolla Cross emplacou pouco mais da metade do sedã em apenas três meses, vindo em uma crescente ao passar das 1.889 unidades em abril para 3.678 em maio, enquanto em junho esse número chegou aos 4.710 emplacamentos citados no começo do texto. A única dúvida é se esse volume do SUV estava represado por algum motivo e começou a ser contabilizado no mês passado. Vale lembrar que entre a apresentação do carro e o início das suas vendas no final de março, o Corolla teve nada menos do que 4 mil pedidos de encomenda, sendo que a expectativa inicial da marca era de 3.500 veículos mensais.

Toyota Corolla Cross 2022
Toyota Corolla 2020

Não é segredo para ninguém que os SUVs conquistaram seu espaço e consequentemente participação de mercado no país, isso considerando desde os aventureiros, passando pelos SUVs compactos, médios, grandes ou até os utilitários de luxo. Com isso, não acaba sendo surpresa o Corolla Cross ter superado o sedã, pois o mercado brasileiro (e mundial) tem os SUVs como objeto de desejo há alguns bons anos.

E quando falamos do segmento dos sedãs médios, o Corolla desponta como o modelo de maior volume ao representar 55% dos emplacamentos e suas 19.899 unidades no acumulado do primeiro semestre. O Honda Civic vem em seguida com 8.753, com o Volkswagen Jetta fechando o pódio com apenas 2.041 carros.

Para comparação, os SUVs médios têm como líder o Jeep Compass que vendeu 32.554 unidades nesse período, com o 2º lugar ficando para o recém-lançado Corolla Cross (10.313) e o 3º com o Caoa Chery Tiggo 8 (3.763). Em breve ainda vai chegar o Volkswagen Taos, que deve escalar esse segmento daqui há alguns meses e também atrair os potenciais compradores de sedãs.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com