Considerado um dos esportivos mais emblemáticos já produzidos pela Toyota, o Supra reúne uma verdadeira legião de fãs em vários mercados mundo afora. De olho nos clubes de proprietários formados em diversos países, a marca criou ainda no ano passado o projeto GR Heritage Parts Project, focado na produção de peças originais de fábrica para as gerações mais antigas do esportivo. Tudo supervisionado pela divisão Toyota Gazoo Racing.

A iniciativa começou com leque limitado de peças e agora o catálogo passa por considerável ampliação, dada a alta demanda verificada no site da empresa. Os componentes fabricados atendem especificamente as gerações A70 (1986-1993) e A80 (1993-2002) do Supra. Abaixo você encontrará a lista completa das novas peças disponíveis. A Toyota afirma que atenderá clientes do Japão, América do Norte, Europa e outros mercados globais.

Galeria: Toyota Supra A70, A80 - Peças de reposição

Supra modelo A70

Peças definidas para venda em julho de 2021

Cilindro mestre da embreagem, mangueira do freio, botão do painel de controle do ar-condicionado

Peças definidas para venda em agosto de 2021

Emblema frontal (a ser reproduzido em esmalte, conforme anunciado em janeiro de 2020)

Peças definidas para venda em agosto de 2021 ou mais tarde

Molduras de proteção lateral, emblema traseiro Toyota Supra, guarnição da porta dianteira, bucha do braço inferior da suspensão dianteira

Supra modelo A80

Peças definidas para venda em julho de 2021

Sensor de oxigênio

Peças definidas para venda em agosto de 2021 ou mais tarde

Capa do pára-choque dianteiro

A Toyota explica que o processo de compra das peças recém-lançadas será o mesmo de todas as outras peças originais regulares. É importante notar, no entanto, que os componentes serão produzidos em número limitado, o que significa que os clientes serão atendidos por ordem de chegada do pedido. Encerrada a produção, as peças estarão disponíveis apenas em estoque.

Nova geração

Ao mesmo tempo em que produz peças para gerações anteriores, a Toyota comemora o sucesso do Supra atual. A nova linhagem é fruto de projeto tocado em parceria com a BMW e compartilha plataforma e diversos componentes mecânicos com o Z4. Sob o capô, tem motores 2.0 turbo quatro-cilindros de 258 cv e 3.0 turbo 6 cilindros de 340 cv. Dados de fábrica indicam aceleração de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos no primeiro caso e 4,3 s no segundo. Em ambos o câmbio é automático de 8 marchas, com tração traseira.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com