Uma semana depois de falarmos sobre a nova versão de entrada do Suzuki Jimny, agora é lançada oficialmente. Chamado de Jimny Lite, a nova versão “pé de boi” do simpático jipinho estreia inicialmente na Austrália praticamente com o mesmo visual das versões mais caras, a não ser pela a ausência de alguns componentes que o fazem uma versão mais rústica.

Para começar, podemos dizer que o Jimny Lite faz mais jus a um 4x4 raiz. Vem equipado somente com o necessário, sendo assim uma boa opção para quem costuma fazer trilhas aos finais de semana. Ou seja, acabou perdendo equipamentos que poderiam sofrer danos quando o jipinho fosse colocado à prova no off-road. Bom exemplo é a retirada dos faróis de neblina, assim como as rodas de alumínio, que deram lugar a um jogo de rodas de aço de 15 polegadas pintadas de preto. Os faróis também são mais simples, trazendo um conjunto halógeno de parábola simples no lugar dos projetores com LEDs.

Galeria: Suzuki Jimny Lite - Austrália

Por dentro o Jimny Lite também segue a proposta mais despojada. Os bancos contam com revestimento em tecido em vez de couro, enquanto a central multimídia com tela de 7 polegadas e suporte a Apple CarPlay e Android Auto foi trocada por um rádio básico com CD Player e conexão Bluetooth.

Sob o capô a Suzuki manteve o mesmo motor 1.5 a gasolina das demais versões, que rende 108 cv e 6.000 rpm e 14,1 kgfm de torque a 4.000 rpm. No caso da variante básica Lite, o câmbio é manual de 5 marchas. A tração 4x4 inclui uma seleção para reduzida para os dias de trilha mais pesados, assim como as demais versões do jipinho. Por fim, ele ainda traz entre os itens de série o sistema de controle de descida, útil para pavimentos escorregadios como terra batida ou lama.

Suzuki Jimny Lite

Segundo a Suzuki Australia, o Jimny Lite foi criado para atender a "demanda cada vez maior por nosso veículo mais procurado". Desde que teve suas vendas iniciadas ao redor do mundo em 2018, a fábrica do Japão responsável pela produção do Jimny está sobrecarregada. Com isso, a marca japonesa acabou abrindo uma nova fábrica na Índia para tentar suprir a demanda mundial pelo modelo.

O novo Suzuki Jimny Lite estará à venda a partir de agosto na Austrália por 26.990 dólares australianos, o que em uma conversão direta dá R$ 100.541 pela cotação atual. Com isso, o jipinho custará 1.500 dólares australianos a menos que a versão manual mais completa à venda por lá.

No Brasil, a Suzuki vende o Jimny em duas gerações. A antiga tem preços entre R$ 107.990 (versão 4Work) e R$ 126.990 (Forest), enquanto o Jimny Sierra da geração mais nova é comercializado com tabela entre R$ 142.990 (4You MT Allgrip) e R$ 163.990 (4You AT Allgrip).

Com uma faixa de preço que parte de R$ 143 mil, o nova variante Lite poderia ser uma boa pedida na sua linha Jimmy Sierra, que com certeza poderia chegar aqui com preço abaixo dos R$ 140 mil. Com apelo básico, o jipinho acabaria sendo um bom “quadro em branco” para os trilheiros, que teriam um bom jipe de base para instalar diversos acessórios voltados ao 4x4, além do preço de entrada mais atrativo.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com