SUV também vai ganhar uma discreta reestilização no desenho, além de um interior com melhor acabamento

Vendido atualmente em versão única desde março deste ano, o Renault Captur está prestes a ganhar importantes novidades na linha 2022. Agora a marca acaba de anunciar que já começou a produção do SUV compacto com o novo motor 1.3 turbo, propulsor que é feito em parceria com a Mercedes-Benz (sendo usado inclusive no GLA e GLB no Brasil).

Fabricado na planta de São José dos Pinhais (PR), o novo Captur terá mesmo como principal novidade o motor 1.3 TCE, que rende 163 cv e 25,5 kgfm de torque (caso venha com a mesma calibração dos Mercedes, por exemplo). Na Colômbia, onde o Duster já recebeu esse conjunto, o propulsor é um pouco menos potente e entrega 154 cv, mas compensa no torque: tem 27,5 kgfm. Voltando ao novo Captur, ele deverá combinar o novo 1.3 TCE ao câmbio automático do tipo CVT. Ele substituirá o 2.0 aspirado e ficará ao lado do 1.6 flex SCe na linha. 

Galeria: Renault Captur 2021 (Rússia)

Esse conjunto com certeza vai deixar o SUV compacto mais ágil, mas sem sacrificar o consumo de combustível para isso. Atualmente, o Captur é comercializado apenas na versão Bose 1.6 CVT de 120 cv a 5.500 rpm e 16,2 kgfm a 4.000 rpm que, aliás, não é referência nem na agilidade e nem no consumo. Segundo a última tabela do Inmetro (2020), o consumo no ciclo cidade/estrada ficava em 7,2 km/l e 8,1 km/l no etanol, enquanto na cidade ele melhorava um pouco esses números ao aumentar essa média para 10,5 km/l e 11,7 km/l, respectivamente.

Além da chegada do novo motor 1.3 turbo, o Captur 2022 também vai receber uma discreta reestilização visual (provavelmente inspirada no modelo russo) que deverá ser um tanto discreta. As mudanças devem ficar concentradas nos faróis com novo arranjo interno e iluminação em LED, grade dianteira com novo acabamento cromado e sem as barras contínuas, além de rodas de 17 polegadas com novo desenho.

Renault Captur 2021 (Rússia)

Já na cabine é onde o utilitário terá o maior salto, pois os materiais de acabamento (principalmente sobre o painel) deverão ser de melhor qualidade. Problemas de ergonomia do modelo antigo, como os botões do controle de cruzeiro embaixo do freio de estacionamento, serão corrigidos. Ele deverá herdar também os novos comandos de ar-condicionado, console central redesenhado a nova central multimídia Easy Link com tela de 8" que traz navegação por GPS, monitor de ponto cego e câmera 360°.

Se confirmadas todas essas novidades, é capaz do novo Captur 2022 conseguir dar uma “escalada” no ranking de vendas dos SUVs compactos. No entanto, o caminho deverá ser árduo, pois o modelo terá que conquistar um público exigente que hoje é agraciado com uma ampla oferta de opções nesse segmento.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com