De acordo com boletim econômico Tracker-FECAP, os índices de criminalidade envolvendo veículos caíram consideravelmente em 2020 na comparação com o ano anterior em São Paulo. Segundo números baseados em boletins de ocorrência registrados pela Secretaria de Segurança Pública do Estado, os roubos tiveram redução de 39,4%, enquanto os furtos recuaram 29,8%.

A queda, em ambos os casos, foi atribuída especialmente ao período pandêmico e às consequentes limitações de circulação. Ao todo, foram registradas 58 mil ocorrências de roubo entre janeiro de 2019 e março de 2021, sendo 33 mil em 2019, 20 mil em 2020 e 5 mil no primeiro trimestre de 2021. No mesmo período, ocorreram aproximadamente 129 mil furtos: 67,8 mil em 2019, 47,6 mil em 2020 e 13 mil nos três primeiros meses de 2021.

Galeria: Chevrolet Onix LT 1.0 aspirado 2020

“A diminuição de carros nas ruas reduziu a oferta/oportunidade para a indústria do crime. A menor circulação reduziu também o número de acidentes, fazendo cair a demanda por peças e acessórios, principal motivador econômico para o roubo de automóveis que abastece os desmanches. Soma-se a isso a queda da renda da população e a consequente queda no número de novos veículos nas vias", analisa Erivaldo Costa Vieira, coordenador do estudo e professor da FECAP.

Apesar disso, há preocupação com o aumento dos índices após a crise sanitária. "Mesmo em queda, os números continuam altos", alerta Vitor Correa, coordenador de operações do Grupo Tracker. "Não será surpresa se, passado o período pandêmico, os roubos e furtos de veículos apresentarem um grande aumento no número de ocorrências”, afirma.

Veículos mais roubados e furtados de SP

Na categoria roubo, o veículo mais visado pelo bandidos no período foi o Chevrolet Onix, especificamente na versão 1.0 LT MT. Em seguida, aparece o Hyundai HB20 1.0 MT Comfort, seguido novamente pelo Chevrolet Onix, agora na versão 1.0 MT Joy. Todos foram enquadrados no levantamento na categoria "automóveis".

Em outras categorias, os mais roubados foram Fiat Fiorino, Jeep Renegade e Volkswagen Tiguan. Já as cidades com mais roubos registrados são São Paulo, Campinas, São Bernardo, Santo André e Guarulhos.

Veículos mais roubados e furtados de SP

No quesito furtos, o mais cobiçado é o velho Chevrolet Corsa Wind, seguido por Fiat Mobi Like e  Hyundai HB20 1.0 Comfort. Em outras categorias, aparecem Volkswagen Saveiro, Volkswagen Kombi e Toyota SW4. Além da capital, que lidera o ranking, as cidades com maiores índices de furto são Santo André, Campinas, Guarulhos, Osasco e São Bernardo do Campo.

 

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com