Montadora terá planos e estratégias diferentes para mercados que atua, mas destino será totalmente elétrico

Criar uma versão 100% elétrica de seu modelo de maior sucesso nos Estados Unidos é o sinal de que a grande mudança está acontecendo. Em fevereiro deste ano, a Ford anunciou seus planos de eliminar motores a combustão de toda a sua frota europeia a partir de 2030. A linha da marca no continente será eletrificada até 2026 e a empresa fará o mesmo na América do Norte. Mesmo não sendo oficial e definitivo, os sinais vindos da empresa são fortes.

Produzida de forma emblemática em sua fábrica em Detroit, chegará ao mercado em meados de 2022. A F-150 Lighting foi apenas o pontapé inicial, e a montadora seguirá uma estratégia mais agressiva para abraçar a eletrificação o mais rápido possível.

Ford F-150 Lighting 2022
Ford F-150 Lighting 2022

De acordo com informações portal americano Automotive News, a Ford está acelerando o seu processo de eletrificação. Para a Europa haverá um cronograma, mais rápido, do que a estratégia que seguirá nos Estados Unidos. De qualquer forma, a mudança será definitiva.

"Posso ver facilmente um ponto em que diremos: 'Esta é a data em que seremos totalmente elétricos'", disse Kumar Galhotra, presidente da Ford das Américas e do grupo de mercados internacionais, à Automotive News. "Certamente estamos trabalhando para isso", afirmou a executiva.

2020-ford-mustang-mach-e
Ford Mustang Mach-e

Há cerca de um ano, quando Jim Hackett ainda era o CEO da Ford, ele tinha uma estratégia de eletrificação um pouco menos agressiva. Com o lançamento da F-150 Lightning, mais o sucesso do crossover Mustang Mach-E e da futura E-Transit, a Ford quer "liderar a revolução elétrica", conforme afirma Hau Thai-Tang, chefe da plataforma de produtos e diretor de operações da Ford. Mas, novamente, ao contrário da Europa, não há um prazo exato para a empresa se tornar totalmente elétrica nos Estados Unidos.

"Os dois mercados estão em lugares muito diferentes", acrescentou Galhotra. "Como esse mercado estava amadurecendo e se movendo na Europa, ficou claro em que ponto estaríamos totalmente elétricos. Suspeito que a mesma coisa esteja acontecendo aqui; apenas não estamos nesse ponto".

Todavia, nos Estados Unidos, a Ford ainda espera para ver como a nova picape elétrica será recebida no mercado. Com uma estratégia de preço agressiva e capacidades muito sólidas, "mostrará onde realmente está a adoção do veículo elétrico", como declarou Jim Farley a repórteres na semana passada.

Galeria: Ford F-150 Lightning 2022

Com início de vendas previsto para o segundo trimestre de 2022 nos Estados Unidos, a picape elétrica Ford F-150 Lightning 2022 terá um preço inicial de US$ 39.974 (R$ 210.300), sem considerar eventuais incentivos ou bônus, o que deve reduzir ainda mais o valor final.

Mais detalhes e informações serão revelados nos próximos meses, até a data de lançamento oficial. 

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com