Substituta da antiga R6 chega com propulsor já consagrado, mas lista de equipamentos é enxuta para manter preço baixo

No final de 2020, a Yamaha descontinuou a R6, sua opção para aquecido mercado de esportivas de média cilindrada. Na época, o motivo foi a entrada em vigor de novas regras de emissões de poluentes na Europa, que passaram a valer em 2021. Agora, a marca dos três diapasões apresentou sua substituta.

Após meses de especulação, finalmente foi lançada a Yamaha YZF-R7 2022, que será oferecida nas cores azul ou preta. A sua chegada é esperada para o mercado norte-americano em junho, enquanto os europeus receberão a novidade a partir de outubro. Ainda não há confirmação para o Brasil. Nos EUA, os preços partirão de US$ 8.999, ou cerca de R$ 47.542 na conversão direta da moeda.

Galeria: Yamaha YZF-R7 2022

Visualmente, a nova R7 carrega os mesmos elementos visuais da linha “R” da Yamaha, como a R3 vendida no Brasil. De frente, a moto tem uma silhueta esguia, marcada pelo farol do tipo canhão ao centro e duas luzes diurnas de LED nas laterais. A mecânica é a mesma da MT-07, mas a novidade se diferencia por ter uma ciclística mais aprimorada.

A suspensão dianteira é da marca KYB e possui garfo de 41 mm de diâmetro montado em posição invertida e traz uma série de ajustes. A nova R7 também traz semi-guidões instalados em posição mais baixa que na MT-07. Na traseira, há um amortecedor único instalado em posição horizontal com ajustes de pré-carga e rebote. Na dianteira, a esportiva traz dois discos de freio de 298 mm da marca Brembo com pinças radiais de 4 pistões.

Yamaha YZF-R7 2022
Yamaha YZF-R7 2022

O motor, como dito, é o mesmo da MT-07. Trata-se de um bicilíndrico de 689 cm³ de capacidade, arrefecimento a líquido, duplo comando para as 8 válvulas e um virabrequim que separa os tempos de ignição em 270º, dando um ronco compassado à moto. Na R7, ele entrega 73 cv de potência a 8.750 rpm e 6,8 kgfm de torque a 6.500 rpm. O câmbio tem seis velocidades também, mas o que diferencia a esportiva da naked é o acréscimo de uma embreagem assistida e deslizante. A nova esportiva da Yamaha tem o quickshifter bidirecional, que permite troca de marchas sem usar a embreagem ou aliviar o acelerador, como opcional.

Entre os itens de série, a Yamaha YZF-R7 2022 traz iluminação completa por lâmpadas de LED, painel de instrumentos digital com tela de LED, freios ABS e rodas de liga leve. No entanto, ao contrário de algumas rivais, não tem controle de tração nem modos de condução selecionáveis. Segundo a marca, a escolha foi tomada para manter o preço mais baixo e deixar a moto mais atrativa para pilotos iniciantes.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com