Projeto é aprovado pela Stellantis e ambos serão feitos na Polônia

Após muito tempo de discussão e estudo, a Jeep finalmente terá um SUV compacto abaixo do Renegade, e que será acompanhado por um modelo semelhante da Fiat. Ambos serão feitos com a plataforma CMP do Peugeot 2008 e com produção em Tychy (Polônia), começando pelo modelo da Jeep em novembro de 2022, enquanto o da Fiat fica para abril de 2023. Até o momento, o esperado é que sejam oferecidos somente na Europa.

O site Automotive News Europe descobriu que os dois SUVs da Jeep e Fiat foram aprovados e que um terceiro, da Alfa Romeo, ainda está sendo discutido. O modelo da Jeep é conhecido como projeto 516 e, inicialmente, terá uma versão com motor a gasolina. A Stellantis já planeja uma opção totalmente elétrica para fevereiro de 2023 e uma híbrida-leve para janeiro 2024. No caso do modelo da Fiat, o código interno é 364, com a mesma estratégia de um motor a combustão no começo, uma variante elétrica para maio de 2023 e a híbrida-leve para fevereiro de 2024.

Galeria: Jeep Baby SUV - Projeção

A Jeep estudou durante anos como fazer um SUV abaixo do Renegade, mas sempre encontrava um problema no custo da plataforma e como colocar uma versão de tração integral. Após a fusão com o Grupo PSA, este problema foi resolvido com a adoção da plataforma CMP do Peugeot 2008 e Citroën C4, ajudando no ganho em larga escala e por estar preparado para usar sistemas eletrificados. Há rumores até de que a versão 4x4 na verdade seria 4xe, usando um motor elétrico para gerar a tração nas rodas opostas do motor a combustão.

Segundo o Auto News, o parentesco irá além da plataforma, pois o plano seria usar até mesmo os motores e transmissões dos outros carros da PSA. Ou seja, devemos ver o 1.2 turbo de 130 cv que equipa o 208 e 2008, além da caixa automática de 6 marchas. E, como a Stellantis já comecou a se afastar dos propulsores a diesel, não devemos ver uma opção dessas para os SUVs compactos.

Os fornecedores receberam pedidos de cotação da Stellantis e o Auto News teve acesso a eles, descobrindo que a fabricante pretende produzir 300 mil unidades por ano, com 130 mil da Fiat, 110 mil da Jeep e o restante do SUV da Alfa, que deve ser batizado como Brennero. O único porém é que estes modelos devem ficar somente na Europa. O único que tem alguma chance de chegar a outro mercado é o compacto da Jeep, previsto também para a Índia.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com