Em fevereiro deste ano, uma publicação sugeriu uma possível mudança da Huawei em direção à indústria automotiva. Em abril deste ano, a empresa chinesa e atual maior fabricante de equipamentos de telecomunicações do mundo anunciou que começará a vender o crossover SF5 Seres, e tudo indica que a Huawei quer se aprofundar no ramo automotivo.

De acordo com uma nova reportagem, a empresa está em negociações com a Chongqing Sokon para adquirir o controle da Chongqing Jinkang New Energy Automobile. A agência Reuters afirma que a informação vem de “duas pessoas com conhecimento direto do assunto”, embora, obviamente, ainda não seja oficial. A marca Seres é considerada um dos principais ativos da empresa.

A Reuters declarou também que ambas as empresas negaram os rumores por meio de um porta-voz da Huawei que afirmou que "a Huawei não está fabricando carros". Ele também acrescentou que a gigante da tecnologia não está procurando adquirir participações de controle, já a Chongqing Sokon não deu nenhuma declaração. 

Em março, publicamos que a Huawei estaria estudando lançar um veículo elétrico ainda este ano, e que um porta-voz da empresa teria afirmado que a “Huawei não é fabricante de automóveis. No entanto, por meio de ICT (tecnologia de informação e comunicação), pretendemos ser um fornecedor digital de componentes novos e orientados para o carro, permitindo que os OEMs (fabricantes de equipamentos originais) construam veículos melhores".

Os analistas veem a potencial entrada da Huawei no setor automotivo como uma oportunidade para a empresa compensar a redução no negócio de smartphones devido às sanções dos EUA. A Huawei anunciou recentemente acordos com três montadoras chinesas para fornecer seu sistema operacional de veículos Huawei Inside. A aquisição de uma pequena marca de automóveis parece ser o próximo passo mais lógico agora.

Galeria: Huawei Seres SF5

De acordo com a Reuters, Richard Yu está liderando as negociações para uma possível aquisição da Chongqing Jinkang New Energy Automobile. Yu foi um dos principais executivos por trás da ascensão da Huawei e atualmente é responsável por sua mudança para a indústria automotiva. Acredita-se que a Huawei queira finalizar o negócio já em julho deste ano.

Por enquanto, a Huawei continuará vendendo o crossover Seres SF5 em algumas de suas principais lojas na China. Os preços começam em 246.800 yuans chineses (aproximadamente US$ 38.000, ou R$ 206.777 nas taxas de câmbio atuais) para o modelo 4WD e 216.800 yuans (US$ 33.361 ou R$ 181.533) para a variante 2WD.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com