Ao mesmo tempo, o SUV foi o mais vendido do segmento em março

A Chevrolet anunciou nesta quinta-feira (29) que o seu primeiro SUV compacto fabricado no Brasil, o Tracker, chegou a marca de 100 mil unidades produzidas na fábrica de São Caetano do Sul, região do ABC paulista. 

Este feito é alcançado cerca de um ano depois do lançamento do Chevrolet Tracker, o que demonstra uma excelente aceitação do produto no mercado local e regional, já que um terço do volume foi destinado à exportação, segundo declarou a marca em nota à imprensa.

Galeria: Comparativo: Chevrolet Tracker Premier x Hyundai Creta Prestige

O início da produção do SUV no Brasil coincidiu com o início de sua nova geração, o que representou uma guinada na sua trajetória, reforçando a estratégia traçada pela marca da General Motors. O Tracker foi o veículo de passeio com maior volume no número de emplacamentos ante o mesmo período no ano passado, com um incremento de quase 12 mil unidades.

O complexo da GM em São Caetano do Sul (SP) passou pela maior reformulação de sua história recentemente, e suas obras levaram dois anos.

“Para produzir o Tracker, nós implementamos diversas novas tecnologias da indústria 4.0 que trouxeram ganhos não só em produtividade, mas principalmente em segurança, ergonomia e qualidade. Assim, ganha o consumidor, que tem um SUV atualizado, seguro e conectado; ganha o trabalhador da indústria, que torna seu trabalho mais eficiente; e ganha a indústria nacional, que tem uma fábrica com o que há de mais atualizado em termos de manufatura global”, relata Luiz Peres, vice-presidente de Manufatura da GM América do Sul.

Além do sucesso em número de produção, o SUV da Chevrolet também foi o detentor do primeiro lugar nos emplacamentos do mês de março, com um total de 6.410 emplacamentos, deixando o Jeep Renegade (que ocupava a posição por 4 meses consecutivos) em segundo lugar (6.186), e por muito pouco também não foi superado pelo Hyundai Creta (6.173). O Tracker também registrou a maior evolução no período (+236,3%).

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com