Falta de semicondutores obriga marca a pausar produção de forma alternada entre sedã e SUV

A Volkswagen anunciou a paralisação da fabricação dos modelos Jetta e Tiguan na fábrica da cidade de Puebla, no México, por conta da escassez de semicondutores, problema que tem afetado toda a indústria. A montadora declara que a pausa valerá durante os dias 6 a 16 de maio para o modelo Jetta, e de 3 a 19 de maio para o Tiguan. Na mesma planta, também é produzido o SUV médio Taos para o mercado norte-americano.

Segundo foi reportado pelo portal Automotive News, o Grupo Volkswagen havia declarado aos seus gerentes no início desta semana para se prepararem para um impacto maior na produção durante o 2º trimestre do ano. Executivos da empresa acreditam que a escassez de chips irá piorar conforme cada vez mais fabricantes começarem a ficar sem estoques, tornando-se um desafio maior do que o impacto da pandemia e alguns países.

Volkswagen Jetta Startline - México

“Estamos sendo informados pelos fornecedores e dentro do Grupo Volkswagen que precisamos enfrentar desafios consideráveis ​​no segundo trimestre, provavelmente mais desafiadores do que no primeiro trimestre”, disse Wayne Griffiths, chefe da Seat, marca espanhola do Grupo VW. Ele acrescentou que a montadora só está decidindo quais carros construir depois de receber os chips dos fornecedores. 

“A situação foi agravada, por exemplo, pelas nevascas que ocorreram no Texas, já que os grandes fabricantes de chips baseados lá tiveram que parar ou reduzir sua produção”, acrescentou o Grupo VW em um comunicado na semana passada. “Por esse motivo, não se podem descartar novos ajustes de produção.”

Ainda não se sabe como essa paralisação da fábrica de Puebla pode afetar os trabalhos para a reestilização tanto do Volkswagen Tiguan quanto do Jetta. A marca confirmou que os dois serão revelados entre o 2º e 3º trimestre e devem começar a ser vendidos nos Estados Unidos e México apenas no final do ano. Por outro lado, como os dois modelos tem um volume de vendas pequeno no Brasil, esta pausa não deve afetar a oferta dos dois no nosso mercado.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com