Motor ainda estará no Compass 2022 e no futuro SUV de 7 lugares

Quem esperava conseguir comprar o Jeep Renegade com o tão esperado motor 1.3 turbo de 185 cv terá que aguardar mais um pouco. Durante a apresentação do Compass 2022 na última segunda-feira (5), a fabricante norte-americana confirmou que a motorização não fará sua estreia no SUV neste ano. Por outro lado, a marca diz que a versão híbrida 4xe ainda será lançada no 2º semestre deste ano.

Durante a sessão de perguntas e respostas após a estreia do Compass 2022 na versão 80 Anos, executivos da marca foram categóricos dizendo que “não está prevista alteração de motorização na linha Jeep Renegade em 2021”. Ainda desconversaram sobre a possibilidade de ver o motor no ano que vem, afirmando que não iria abrir detalhes sobre planos futuros sobre este ou outros carros – algo normalmente dito para desconversar.

Galeria: Jeep Renegade 4xe

Desde que a Jeep confirmou os planos de produzir os motores 1.0 e 1.3 turbo em Betim (MG), tudo apontava que a estreia aconteceria primeiro no Compass e que o Renegade adotaria o novo 1.3 em um segundo momento. Isso porque a marca aposta mais no Compass, que tem uma média de lucro maior e um alto potencial de vendas, tanto é que chegou a ser o SUV mais vendido do país. Além disso, no 2º semestre, iremos conhecer o novo utilitário de 7 lugares, que também usará este motor.

Segundo apurado por Motor1.com, o novo 1.3 turboflex não irá aposentar o velho conhecido 1.8 e.TorQ da linha do Renegade por questões de custo. A fabricante até teria estudado se valeria trocar o 1.8 pelo 1.0 turbo que começará a ser produzido no 2º semestre, mas nossas fontes dizem que a conta não fechava e o carro ficaria caro. Com isso, o Renegade terá uma linha com o 1.8 nas versões básicas, deixando o 1.3 turbo para as configurações mais caras, além do 2.0 turbodiesel.

Jeep Renegade 4xe

Apesar da nova motorização não chegar ao Jeep Renegade neste ano para a linha normal, a fabricante afirma que ainda lançará os seus modelos híbridos no Brasil no 2º semestre. Embora não tenha especificado neste momento, a marca já disse em diversas ocasiões que traria tanto o Renegade 4xe quanto o Compass 4xe. Ambos usam o 1.3 turbo com 180 cv além de um propulsor elétrico, em um sistema híbrido plug-in. Até janeiro de 2020, a expectativa é que ambos custassem menos de R$ 200 mil, o que não deve acontecer com a desvalorização do real.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com