SUV-cupê com motor 4.0 V8 biturbo de 612 cv acelera de 0 a 100 km/h em apenas 3,8 segundos

Aproximadamente 4 meses depois de lançar a nova geração do GLE Coupé no Brasil na versão 400d 4MATIC, com motor 3.0 turbodiesel de 6 cilindros, a Mercedes-Benz amplia o catálogo do modelo com a estreia da variante esportiva GLE 63 S 4MATIC+ Coupé. A novidade tem motor 4.0 V8 biturbo com 612 cv de potência e 86,6 kgfm de torque, acelerando de 0 a 100 km/h em apenas 3,8 segundos. O preço? A bagatela de R$ 1.184.900.

O propulsor conta com tecnologia de desativação de cilindros e, nesta geração, está eletrificado. Ou seja, equipado com um alternador de arranque EQ Boost integrado. O sistema combina o motor de partida e um alternador em um único e potente motor elétrico integrado de forma compacta entre o motor e a transmissão. O resultado são 25,5 kgfm de torque extras, que permitem características de aceleração e retomadas de velocidade mais rápidas e seguras.

Galeria: Mercedes-AMG GLE 63 S Coupé

Do ponto de vista do design, o Coupé traz os mesmos elementos do GLE familiar. A traseira com caimento próprio é a diferença mais óbvia, assim como as lanternas exclusivas de desenho mais caprichado. A tampa do porta-malas também muda, com destaque para o pequeno spoiler embutido. Especificamente, o AMG 63 S 4MATIC+ incorpora para-choques com desenho bem mais agressivo, pacote aerodinâmico, rodas de 22 polegadas, entre outros.

Por dentro há mais exclusividades, incluindo bancos esportivos AMG revestidos em couro napa, cintos de segurança cinza e costuras contrastantes, iluminação ambiente ajustável individualmente, volante de 3 raios AMG Performance, console central com interruptores para regular o funcionamento do ESP e o sistema de escapamento AMG Performance, além de pedais esportivos, revestimentos em fibra de carbono e outros.

Mercedes-AMG GLE 63 S Coupé

Chamam atenção ainda os 7 programas do Dynamic Select: Comfort, Sport, Sport +, Individual, RACE, Trail e Sand, que alteram os parâmetros de condução entre conforto e performance com modificações na resposta do motor, transmissão, suspensão e direção. Para completar, o modelo conta com freios a disco de 400 milímetros e pinças de pistão duplo na frente e pinças flutuantes com pistão e discos de 370 x 32 mm na parte traseira.

O câmbio é automático 9G-Tronic de 9 marchas e a tração, integral 4MATIC+. Dados de fábrica indicam aceleração de 0 a 100 km/h em apenas 3,8 segundos e velocidade máxima limitada eletronicamente em 280 km/h.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com