Nova geração promete surpreender em termos de performance e capacidade off-road

Considerada uma das versões mais desejadas do portfólio da Ford Ranger, a variante Raptor - infelizmente nunca oferecida no Brasil - ganhará ainda mais importância no catálogo da próxima geração da picape. A novidade está sendo desenvolvida a todo vapor e já começa a posar com certa frequência para as lentes de fotógrafos espiões. Primeiro aconteceu nos Estados Unidos, em fevereiro, e agora se repete na Tailândia.

O país do sudeste asiático é considerado referência na produção de picapes médias e concentra quase 50% de seu mercado justamente neste segmento. Muitas montadoras mantém centros de desenvolvimento na região e com a Ford não é diferente. O time tailandês da marca trabalhou ativamente no projeto da atual Raptor e deve repetir participação nesta nova geração. Não por acaso, a fábrica de Rayong é a única do mundo a produzir a versão esportiva da picape.

Galeria: Flagra: Nova Ford Ranger Raptor 2023 - Tailândia

Apesar dos disfarces, o protótipo das fotos deixar escapar detalhes que facilmente entregam se tratar de uma versão voltada para performance. Entre eles, destaque para pneus específicos para off-road, moldura plástica nas caixas-de-roda, maior distância em relação ao solo e para-choque com entradas de ar específicas na dianteira. O design será agressivo, como na Raptor atual, para fazer jus à proposta fora-de-estrada.

Mecanicamente, muitas novidades são aguardadas. A começar pelas opções de motorização, que na nova geração serão duas: motor 3.0 V6 biturbo a gasolina de 405 cv e 57,4 kgfm (emprestado do Explorer ST) e 3.0 V6 turbodiesel de 253 cv e 60,8 kgfm (usado na F-150). Em ambos os casos, a transmissão será automática de 10 marchas. Para efeito de comparação, a Ranger Raptor atual adota propulsor 2.0 turbodiesel de 213 cv.

Ford Ranger Raptor 2022 - Projeção
Projeção - Car Expert

O sistema de tração também será específico e contará com diversos modos de condução, variando de acordo com o terreno (areia, lama, neve, cascalho). A suspensão também receberá ajustes apropriados para acompanhar a proposta mais esportiva, também seguindo a receita da versão atual. O lançamento global é aguardado para 2022 ou, no máximo, 2023. A variante Raptor virá logo na sequência das configurações tradicionais.

Para o Brasil, a Ranger continuará vindo importada da Argentina. Por lá, a Ford anunciou recentemente o investimento de US$ 580 milhões para modernização da fábrica de Pacheco. Fica a expectativa para que, desta vez, a Raptor finalmente seja oferecida no mercado nacional.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com