O Renault Duster equipado com motor 1.3 turbo começa a chegar à América Latina. A fábrica da marca em Envigado (Colômbia) iniciou a produção do SUV compacto com a nova motorização e irá exportar o carro para outros mercados, como a Argentina. O lançamento é esperado para o próximo mês, já que a foto publicada pelo Blogaraje no Instagram mostra o carro sendo transportado para as concessionárias. No Brasil, a estreia é esperada até 2022.

Olhando para as fotos, parece ser apenas um Renault Duster da segunda geração, pois não há nenhuma indicação que conta com o motor 1.3 turbo. A certeza sobre esta motorização vem de um documento publicado pelo Ministério do Comércio, Indústria e Turismo, autorizando a importação de peças sem pagar impostos, entre eles o motor turbo. E, como existe um acordo com a Argentina que zera o imposto de importação, será enviado para o país vizinho ao invés de esperar pelo Duster brasileiro.

 

Este motor 1.3 turbo foi desenvolvido em parceria com a Mercedes-Benz, equipando modelos como Classe A Sedan, GLA e GLB. Apesar de entregar 163 cv nos modelos da marca alemã, é dito nos bastidores que pode ser menos potente na versão para o Duster, com cerca de 155 cv e 25,5 kgfm de torque. Ainda assim, é mais do que os 148 cv e 20,9 kgfm do antigo 2.0 aspirado que era usado pelo Duster e Captur. Continaurá a trabalhar com uma transmissão CVT e, em alguns países, tem até mesmo uma versão 4x4.

Renault Duster 1.3 Turbo (Colômbia)

No Brasil, o novo 1.3 turbo fará sua estreia ainda no 1º semestre, porém quem o utilizará primeiro será o Captur, que passará por uma reestilização. A mudança será leve no visual externo, com alterações mais importantes na cabine, como nas posições de alguns comandos e no acabamento, além de ganhar mais equipamentos como câmeras 360°.

Oficialmente, a Renault ainda não fala nada sobre lançar o Duster 1.3 turbo no Brasil. Recentemente, a marca prometeu que lançará cinco novidades até 2022, além de dois modelos elétricos. Sabemos que, além do Captur, a Renault prepara a reestilização do Kwid para o final deste ano e trabalha em uma nova geração para a picape Duster Oroch, que se tornará um modelo global. O Duster 1.3 turbo deve estar na lista e ficaria para o ano que vem.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com