Ao invés de ser um sedã, irá se tornar uma perua crossover e deve estrear ainda neste ano

O Ford Fusion não está morto. Muito pelo contrário, está prestes a se reerguer como uma fênix das cinzas de sedãs descartados, como uma perua crossover híbrida, segundo aponta a publicação da revista britânica Car Maganize. O sedã grande que comandava as estradas e era muito procurado como carros para empresas e governamentais já teve seu auge, e precisa desesperadamente de uma revitalização.

O sedã, também conhecido como Mondeo na Europa, foi o auge do entre os sedãs da marca por um tempo. Era a oferta mais popular da Ford em alguns mercados, como nos Estados Unidos, mas com o tempo os SUVs tiraram seus holofotes e o foco de suas vendas.

Essa queda na demanda fez com que a Ford cancelasse sua produção na América para que pudesse concentrar todos os esforços na construção dos SUVs desejados pelos clientes. Agora a Ford está pronta para lançar um sedã Ford Fusion reformulado que se parecerá com um SUV. De acordo com a revista, podemos esperar para ver o novo Ford Fusion/Mondeo no final de 2021.

O novo modelo contará com uma motorização híbrida, além da altura maior em relação ao solo e sistema de tração nas quatro rodas. Essa configuração deve permitir que o novo carro ofereça benefícios de desempenho de SUV em todas as condições climáticas, ao mesmo tempo que traz uma experiência de direção semelhante à de um carro comum. O sistema híbrido também deve atrair clientes que procuram um carro acessível para rodar por longos períodos.

Espera-se que a nova propulsão híbrida consista em um motor 2.5 de 4 cilindros emparelhado com um motor elétrico para uma produção total de 220 cv. Esta configuração deve ser uma ótima opção para quem procura um veículo eficiente para transportar a família e também não perca a velocidade. A apresentação pode acontecer ainda este ano.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com