A Ituran Brasil, empresa líder mundial em monitoramento veicular, divulgou em coletiva anual realizada na última quarta-feira (3) uma lista com os dados dos veículos mais roubados durante o ano de 2020 em todo o país.

O levantamento considerou o total de cada modelo dentro da base da empresa. E o percentual se refere ao número de ocorrências específicas. Ou seja: de cada 1 mil Voyages na base de clientes da Ituran, 26 foram roubados/furtados em 2020, por exemplo. No ano passado, aconteceram aproximadamente 5.500 eventos registrados pela empresa. O veterano Volkswagen Voyage foi o mais roubado, com 2,6% do total de casos, seguido pelo Renault Logan com 2,5% e Fiat Siena com 2,3%. Confira o ranking completo na sequência.

Ranking dos carros mais roubados no Brasil em 2020

  1. Volkswagen Voyage: 2,6%
  2. Renault Logan: 2,5%
  3. Fiat Siena: 2,3%
  4. Chevrolet Onix: 2%
  5. Chevrolet Prisma: 2%
  6. Fiat Uno: 2%
  7. Ford Ka: 2%
  8. Fiat Fiorino: 2%
  9. Fiat Palio: 1,9%
  10. Hyundai HB20: 1,9%
Renault Logan 2020 - Brasil

Rodrigo Boutti, gerente de operações da Ituran, explicou que a quantidade de roubos e furtos foi proporcionalizada pelo total de cada modelo que compunha a base de veículos da carteira de clientes da empresa. "Percebemos que os 3 modelos que mais tiveram frequência de roubo/furto são veículos sedans e acreditamos que os bandidos preferem estes carros porque são os que mais têm demanda nos desmanches clandestinos. As maiores vítimas são motoristas por aplicativo, que possuem estes modelos de carros”, completou.

Onix e Prisma
Dupla Onix e Prisma também estão na lista dos carros mais roubados

De fato, boa parte dos carros na lista estão entre os mais vendidos nas vendas diretas e com ofertas especiais para quem trabalha como motorista de aplicativo ou similares. Modelos como Voyage e Uno fecharam 2020 com mais de 90% de suas vendas na modalidade, enquanto outros como Logan e Strada passaram de 80%.

Boutti também afirmou que, só no ano passado, 97.500 carros foram roubados ou furtados dentro do Estado de São Paulo, segundo dados da Secretaria de Segurança Pública do estado. “Apesar do número alto de ocorrências, o nosso índice de recuperação também é muito elevado, perto de 90%. Já superamos a marca de 95 mil veículos recuperados, o equivalente a um patrimônio de R$ 4 bilhões”, disse o gerente.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Siga o Motor1.com Brasil no Facebook

Siga o Motor1.com Brasil no Instagram

Envie seu flagra! flagra@motor1.com