Todas as versões receberam alerta de cinto de segurança, enquanto as mais caras mudam um pouco o acabamento

Produzido em Catalão (GO), o Suzuki Jimny 2022 começa a chegar às concessionárias de todo o Brasil. O modelo nacional, que ainda é a geração antiga do utilitário, mexe de leve na lista de equipamentos, no acabamento e no visual. Segue sendo vendido em quatro versões, agora com preços entre R$ 100.990 e R$ 119.990 – a nova geração do Jimny, chamada Jimny Sierra e importada do Japão, parte de R$ 133.990.

As novidades para o Suzuki Jimny 2022 começam na versão de entrada 4Work. Recebeu aviso de alerta do cinto de segurança, complementando a lista de equipamentos que traz ar-condicionado, direção hidráulica, vidros elétricos, rádio com Bluetooth e tração 4x4. O motor é o 1.3 aspirado de 85 cv a 6.000 rpm e 11,2 kgfm a 4.100 rpm, abastecido somente com gasolina e sempre com uma transmissão manual de 5 marchas.

Galeria: Suzuki Jimny 2022

Logo acima está o Jimny 4All por R$ 104.990, que só tem como novidade um novo tecido para os bancos. A diferença pequena no valor em relação à variante 4Work é justificada por receber somente uma central multimídia com espelhamento para celular e pneus all-terrain. Já as configurações 4Sport e 4Sport Forest são as que mais mudaram, com novas rodas na cor grafite e um novo skid plate pintado de preto, custando R$ 112.990 e R$ 119.990, respectivamente.

O Jimny segue como a opção mais barata para quem quer um carro com tração 4x4 e marcha reduzida, embora tenha somente uma motorização. Também não traz uma versão sem pedal de embreagem, pois a transmissão automática só surgiu para a nova geração do utilitário, lançado em 2019 no Brasil.

Ainda sem planos de nacionalizar o Jimny Sierra, continuaremos a ter o Suzuki Jimny anterior como uma alternativa mais em conta. No mercado global, a Suzuki está trabalhando em uma variante de quatro portas da nova geração, que está sendo desenvolvida na Índia e que tem lançamento previsto ainda para este ano na região.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com