Modelo será produzido a partir de julho do ano que vem na Polônia e usará sistema híbrido para ter tração 4x4

A fusão da Fiat-Chrysler com o Grupo PSA parece ter resolvido um problema que a Jeep estava enfrentando há alguns anos. De acordo com o site Automotive News Europe, a fabricante finalmente deu sinal verde para seu novo SUV compacto, menor e mais barato do que o Renegade, projeto que já havia sido confirmado pela empresa. Para resolver as preocupações com custo de produção, a solução é a adotar a plataforma modular usada CMP por Peugeot e Citroën.

Há tempos que a Jeep pensa em fazer um modelo menor do que o Renegade para alguns mercados, principalmente o asiático. Só que a fabricante sempre esbarrou no problema de fazer um carro barato e com sistema 4x4. Até agora, os rumores falavam sobre o uso da plataforma Mini do Fiat Panda, já que a arquitetura Small-Wide 4x4 do Renegade ainda seria grande e cara demais, e a base do Panda conta com um sistema de tração integral.

Galeria: Jeep Baby SUV - Projeção

De acordo com o Automotive News Europe, a solução será adotar a plataforma Compact Modular Platform (CMP), a mesma de modelos como Peugeot 208, Citroën C4, Opel Corsa, Peugeot 2008 e tantos outros. Uma das vantagens é que esta arquitetura está pronta para a eletrificação, já que todos os carros citados oferecem versões puramente elétricas.

E quanto à preocupação de ter uma tração 4x4? Segundo as fontes do Automotive News, ligadas às fornecedoras, o plano seria aproveitar que é possível colocar um sistema eletrificado na plataforma e criar um modelo híbrido, usando o motor elétrico para mover as rodas traseiras. É a solução que a Jeep criou para os híbridos plug-in Renegade e Compass 4xe. A Peugeot já usa algo parecido em modelos maiores, como o 3008.

Outras informações ainda são escassas. É esperado que tenha menos de 4 metros de comprimento, tornando-se rival de Hyundai Venue, Kia Sonet, Renault Kiger e Nissan Magnite. Isso também ajudaria a deixar uma boa distância em relação ao Renegade, que mede 4,23 metros. Há rumores de que o próximo Renegade ficará um pouco maior, resolvendo problemas como o espaço do porta-malas.

Com produção na Polônia, o menor modelo da Jeep ganha ares globais. Antes previsto somente para a Ásia, agora já fica claro que será vendido também na Europa. O Brasil ainda é dúvida, pois o plano original da Fiat-Chrysler era deixar o segmento de entrada com a Fiat, oferecendo o crossover baseado no Argo, enquanto o segundo SUV nacional da marca seria uma opção abaixo do Compass.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com