Novo modelo terá visual mais arrojado e deve substituir hatches compactos em alguns mercados

A Hyundai se prepara para lançar mais um SUV. Depois do elétrico Ioniq 5 revelado nesta semana, agora será a vez do Bayon, modelo compacto de porte menor que o Creta. Terá praticamente as mesmas dimensões do SUV Kona, mas será destinado a continentes diferentes.

A marca coreana chegou a nos "avisar" sobre um potencial crossover menor há dois anos, então o Bayon não chega como uma grande surpresa. Ele entra na briga com outros carros mais altos como EcoSport e Sandero Stepway, na Europa, enquanto mantém apenas tração dianteira para manter o preço baixo.

 

O Bayon conta com o estilo peculiar da Hyundai de faróis divididos e lanternas traseiras verticais, com LED em forma de bumerangue. O modelo deve servir como um sucessor natural para o menos conhecido i20 Active, mas roda com a mesma plataforma do atual i20. Isso significa que devemos esperar um motor 1.0 turbo de três cilindros com até 118 cv e também pode haver um motor 1.2 aspirado com apenas 83 cv.

Dependendo do motor, as opções de caixa de câmbio devem incluir transmissão manual de cinco e seis marchas, juntamente com uma transmissão automática de dupla embreagem de sete marchas para o turbo de três cilindros. Conta com a suspensão levemente elevada em comparação com o modelo de série do i20, e outros detalhes para conferir uma pegada crossover. 

Galeria: Hyundai Bayon 2021 - Teasers

A apresentação do novo Hyundai Bayon acontecerá no dia 2 de março e deve começar a ser vendido na Europa ainda no 1º semestre deste ano. Será que no futuro o Bayon substituíra o HB20 no Brasil, da mesma forma que a Nissan irá substituir o March pelo asiático Magnite? Vale ficar de olho.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com