Modelo deve ser revelado na Índia em junho com motores 1.5 de 115 cv e 1.4 turbo de 140 cv

Após tanto tempo de especulações e fotos dos protótipos em testes, a Hyundai finalmente confirma seus planos de oferecer um novo SUV chamado Alcazar. Será basicamente um Hyundai Creta alongado, com capacidade para 7 pessoas, trazendo uma leve mudança no visual. Está sendo desenvolvido na Índia como um modelo global, onde fará sua estreia ainda neste ano. Segundo o site Autocar India, será mostrado em junho.

O teaser divulgado pela Hyundai não mostra absolutamente nada sobre o carro, trazendo um vídeo que apenas apresenta imagens de castelos na Espanha – Alcazar é um tipo de castelo feito entre os séculos VIII e XV. O texto que acompanha o vídeo diz que o Hyundai Alcazar “personifica confiabilidade e indulgência enquanto busca sua inspiração na linhagem real dos castelos e palácios, indicando grandeza, espaço e solidez”.

 

Na prática, pelos flagras que vimos dos protótipos que rodam pela Ásia, o Alcazar será muito próximo do Creta, modelo no qual é baseado, porém com alterações sutis na frente, mexendo no para-choque e grade, enquanto a traseira terá estilo próprio, adotando lanternas maiores e com um desenho interno exclusivo. Por fim, terá rodas criadas especialmente para o modelo.

O site Autocar India obteve imagens do interior que revelam um aspecto interessante. O Alcazar apostará em variantes de 6 e 7 lugares, sendo que a primeira terá uma segunda fileira usando apenas dois bancos e um console central com porta-objetos e até um carregador wireless para smartphone. No caso da versão de 7 lugares, o console central é substituído por um terceiro assento no meio.

Galeria: Hyundai Alcazar - Flagra do interior

Os bancos do meio contarão com um sistema corrediço para facilitar o acesso para quem for na terceira fila. As fotos também indicam que a terceira fileira aparenta ser confortável para dois adultos, mesmo que o espaço para pernas seja pequeno, mas não tem aquele assoalho alto como em alguns carros deste tipo.

Especula-se que o entre-eixos será alongado em ao menos 30 milímetros na comparação com os 2,61 m do Creta, além do balanço traseiro ser obviamente maior. Como a marca não revelou qualquer informação além do nome, não se sabe como ficará o espaço interno, especialmente na questão do porta-malas, problema comum aos veículos de 7 lugares.

Pelo parentesco com o Creta, a aposta mais segura é que repita as opções de motorização, trazendo o 1.5 aspirado de 115 cv na versão básica, uma opção 1.5 turbodiesel também de 115 cv para o mercado asiático e o 1.4 turbo de 140 cv nas variantes mais caras. A transmissão pode ser manual ou automática, ambas de 6 marchas e sempre com tração dianteira.

Com o plano de tornar o Alcazar um modelo global, o crossover de 7 lugares começa a ficar interessante para o Brasil. Ainda aguardamos o lançamento da nova geração do Hyundai Creta, que já roda em testes pelo país e é previsto para o último trimestre do ano, com produção em Piracicaba (SP). Por usar a mesma plataforma, motores e muitas peças iguais ao Creta, o Alcazar poderia utilizar a mesma linha de montagem, tornando-se o quarto modelo a ser feito na fábrica paulista.

Ouça o podcast do Motor1.com:

 

Projeção: Kleber Silva 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com