Nome do SUV será revelado dia 4 de abril e apresentação do carro acontecerá no 2º semestre

O terceiro modelo nacional da Jeep será um SUV de 7 lugares, confirmado oficialmente pela fabricante e que fará sua estreia no 2º semestre deste ano. Como seu lançamento está cada vez mais próximo, o modelo começa a rodar nas ruas com sua carroceria definitiva e com camuflagem mais leve. Terá uma identidade própria em comparação ao Compass e contará somente com motores turbo.

As fotos do novo SUV Jeep de 7 lugares foram enviadas pelo leitor Vanderlei Guimarães, que avistou o carro em testes na Rodovia do Xisto, entre Curitiba e Araucária, no Paraná. As fotos mostram só a traseira do modelo, mas é o suficiente para mostrar que terá porte consideravelmente maior em comparação ao Compass. O entre-eixos será maior, com uma modificação na plataforma Small-Wide 4x4 e, como uma fonte adianta, “com uma solução usada na Europa.”

Galeria: Jeep de 7 lugares - Flagra com menos camuflagem

Obviamente, o carro tem que ser maior para levar a terceira fileira de assentos, além de aumentar sua altura. As portas traseiras serão alongadas para facilitar o acesso e a segunda fileira de bancos deve ganhar um sistema corrediço para ajudar o acesso. Como ainda está bem camuflado, não é possível notar nenhum detalhe do design. Curiosamente, até as lanternas estão escondidas, usando sobressalentes que pulam para fora da carroceria. As luzes devem ser horizontais, como nos outros carros da empresa e o formato da tampa do porta-malas mostra não ter espaço para usar as lanternas na vertical.

A própria Jeep já confirmou que o seu modelo de 7 lugares terá um design e nome próprios, diferente da alusão que vem sendo feita a um “Grand Compass”, por exemplo. Também revelou que será vendido somente com motores turbo, sem adotar o 2.0 aspirado que hoje equipa o Compass. Ou seja, terá o novo 1.3 turbo que fará sua estreia em breve na linha da Fiat e da Jeep, com potência na casa dos 180 cv, enquanto a opção diesel será o conhecido 2.0 turbo, que deve ficar mais forte e entregar 200 cv.

Espere por uma lista de equipamentos semelhante à do Compass reestilizado, adotando o novo painel de instrumentos digital de 10,25”. A Jeep promete que será o SUV mais tecnológico produzido na América Latina, então deve apostar em um pacote bem completo para justificar seu posicionamento mais alto. Também deve fazer parte da lista de itens de série sistemas de auxílio à condução como controle de cruzeiro adaptativo de série.

Saberemos mais sobre o novo Jeep de 7 lugares em breve, no dia 4 de abril (que a Jeep gosta de chamar de dia 4x4), quando a marca irá revelar o nome oficial. Sua estreia nas lojas acontecerá somente no 2º semestre e deve ter preço inicial acima dos R$ 150 mil, considerando que hoje o Compass Sport 2.0 custa R$ 133.990 na versão mais barata.

Envie seu flagra! flagra@motor1.com