SUV médio terá motores 2.0 de 177 cv e 1.8 híbrido de 122 cv

A Toyota finalmente irá iniciar a produção de um SUV no Brasil com a chegada do Toyota Corolla Cross, modelo médio que será fabricado em Sorocaba (SP). A montadora acaba de confirmar oficialmente a chegada do novo modelo por meio do hotsite https://www.novocorollacross.com.br/. O lançamento para o público acontecerá no dia 11 de março.

Com porte semelhante do Jeep Compass, o maior rival neste momento, o novo Corolla Cross deve ter posicionamento acima do sedã. Também utilizará os mesmos motores, câmbio e boa parte dos equipamentos, incluindo a versão 1.8 híbridaflex.

Assim como foi com a estreia do Corolla na versão sedã há dois anos, o site dedicado ao Toyota Corolla Cross irá mostrar as informações sobre o carro aos poucos. Neste momento, além da contagem regressiva para o contador, há apenas uma imagem da frente do carro e a seção “Design”. Nela, a fabricante afirma que o SUV tem “sofisticação no acabamento e em todos os detalhes. Muito espaço interno e itens que trazem conforto para todos os ocupantes. Um veículo versátil com praticidade para todos os momentos e amplo porta-malas, perfeito para acomodar toda a família e viajar com conforto e tranquilidade.”

Galeria: Toyota Corolla Cross 2021

A parte de design ainda mostra uma foto feita de cima, destacando o espaço interno para cinco pessoas e o porta-malas ocupado com quatro malas. Olhando atentamente é possível notar alguns outros detalhes vindos do sedã, como o volante ou a alavanca da transmissão. Motor1.com apurou que o Corolla Cross nacional será levemente maior que o global, com o mesmo entre-eixos de 2,70 m do sedã, contra os 2,64 m dos outros países.

O site destaca mais duas seções, ainda indisponíveis. Uma será “Segurança”, onde a empresa deve comentar sobre os 7 airbags de série e alguns equipamentos para as versões mais caras, como frenagem automática de emergência com detecção de pedestres, sensor de ponto cego, alerta de tráfego cruzado, controles de estabilidade e tração, entre outros.

A terceira seção é “Sistema Híbrido”, também sem nenhum segredo. Como é baseado no Corolla, terá a mesma mecânica, utilizando o 1.8 híbrido flex de 122 cv de potência combinada que está no sedã. A outra opção será o 2.0 aspirado de 177 cv para as configurações mais baratas, sempre com a transmissão automática do tipo CVT, simulando 10 marchas.

Pelo posicionamento, o Toyota Corolla Cross deve desembarcar nas concessionárias com preços começando por volta de R$ 140 mil, para enfrentar o Jeep Compass e o Volkswagen Taos. Considerando a diferença de valores do Corolla 2.0 para o 1.8 Altis Premium, a versão topo de linha do crossover deve passar dos R$ 170 mil.

Ouça nosso podcast

 

Envie seu flagra! flagra@motor1.com