Nome será usado pela fabricante para variantes dos SUVs Explorer e Expedition com a mesma proposta off-road

Cada vez mais informações sobre a Ford Maverick são reveladas antes da apresentação oficial. A futura picape abaixo da Ranger já apareceu em diversas fotos que mostraram boa parte do visual da rival da Fiat Toro e também ouvimos informações sobre sua mecânica. Desta vez, a novidade é que ela deve receber uma versão off-road, batizada como Timberline.

Quem conta essa história é o site Ford Authority, afirmando que suas fontes, ligadas ao planejamento de produto da Ford Maverick, revelaram a existência da versão Timberline. A ideia é que seja mais robusta e para um uso off-road leve, o que nos faz pensar que seja algo na pegada da Ranger Storm, servindo mais como um pacote visual do que uma preparação de verdade.

Galeria: Ford Maverick 2022 - Novos flagras

Isso faz sentido. A Ford registrou o nome Timberline há dois anos e, desde então, surgiram fotos dos SUVs Explorer e Expedition em versões aventureiras. Os rumores apontam que este nome será usado para batizar este tipo de variante e que fará a estreia justamente nos crossovers, depois indo para a picape.

Caso seja verdade, a Maverick Timberline deve apostar em leves mudanças visuais, como apliques de plástico preto e talvez até uma grade diferenciada como na Ranger Storm. A proposta é que tenha maior capacidade fora-de-estrada, provavelmente com um ajuste específico de suspensão nesta versão.

Enquanto não aparece nenhuma confirmação sobre esta versão mais robusta, aguardamos pela data de apresentação da Maverick. Ela será construída com a plataforma modular C2, a mesma do Bronco Sport, Escape e Focus, com produção no México - o que vai ajudar para que chegue ao Brasil com um preço mais acessível, beneficiando-se do acordo comercial com menor carga de impostos sobre a importação. 

Até agora, tudo aponta para que a Ford Maverick seja revelada ainda em 2021, com a revelação acontecendo no 3º trimestre do ano. Os primeiros rumores sobre a picape diziam que o Brasil seria o primeiro país a recebê-la, para depois seguir para outros mercados, algo que pode ter mudado com a nova situação da fabricante no país após fechar as fábricas por aqui.

Ouça nosso podcast

 

Galeria: Ford Maverick 2022 - Projeções