Unidade do Mercedes Maybach Classe S foi responsável por simbolizar o feito

A Mercedes-Benz comemora nesta semana a produção do veículo de número 50 milhões em 75 anos de história. O feito histórico foi alcançado na fábrica de Sindelfingen, na Alemanha, onde uma unidade do sedã de luxo Mercedes-Maybach Classe S foi montada para simbolizar o recorde. A planta é a mesma que produz o Classe S tradicional e que, em breve, passará a fabricar também o sedã elétrico EQS.

“Alcançar 50 milhões de veículos produzidos é um marco significativo na história da nossa empresa e uma conquista excepcional pela equipe”, disse Jorg Burzer, do conselho de gestão e produção da marca. “Gostaria de agradecer aos colegas das fábricas ao redor do mundo por seu trabalho e comprometimento na produção de nossas estrelas", completou.

Galeria: Mercedes-Benz - 50 milhões de veículos produzidos

A escolha pelo Maybach para representar o feito histórico não foi aleatória. Lançado no final do ano passado, o modelo é um dos mais luxuosos da história da empresa. Toma como base o Classe S, mas tem distância entre-eixos 180 mm mais longa (totalizando 3396 mm) e comprimento total de 5469 mm.

Acolhe os ocupantes com os mais refinados e modernos recursos de conveniência e conforto, desde bancos com massagem multi-contorno até refrigerador próprio para armazenar champanhe (servido em taças de metal sólido personalizadas).

Sob o capô, são oferecidas duas opções de motorização: 4.0 V8 twin-turbo de 503 cv (versão S580 4Matic) e 6.0 V12 de 630 cv (modelo S650). Em ambos os casos o câmbio é sempre automático de 9 marchas.

Mercedes-Benz - 50 milhões de veículos produzidos

Até o ano passado, o Brasil também figurava no mapa produtivo global da Mercedes. No entanto, a fábrica que a marca abriu no país em 2016 foi fechada, pondo fim à produção dos modelos Classe C e GLA em Iracemápolis (SP). 

Ouça o Podcast Motor1.com